O momento em que dos pés e da decisão de Herrera o FC Porto poderia ter sentenciado o clássico

Apesar das evidentes melhorias do Benfica após a mudança de sistema táctico operada por Rui Vitória aquando da entrada de Horta, e que no fundo candidataram a equipa encarnada à sorte que acabou por ter, sem o merecer, nunca o FC Porto deixou de ser melhor no clássico.

Menos tempo com bola mas sempre a controlar o jogo defensivamente pela forma como nunca deixou o Benfica criar (controlar o jogo, diferente de controlar o resultado, que naturalmente será sempre passível de se alterar em lances esporádicos, nomeadamente em bolas paradas).

Com as substituições operadas por Nuno, baixaram substancialmente o número de transições portistas com seguimento até ao último terço encarnado.

Fica porém na retina, a última de todas. Mais um lance de potencial imenso, pela vantagem numérica e espacial. Herrera que um minuto mais tarde se tornaria vilão, a decidir com qualidade. A conduzir para dentro e a temporizar para a chegada da superioridade numérica. Definiria bem o lance que poderia ter sentenciado o clássico. Do mau, num aparente fácil gesto técnico de André Silva perder-se-ia a oportunidade. Herrera que tudo fez bem na definição do lance, tornar-se-ia a figura do clássico, um minuto depois, no momento em que apertado nas costas por Pizzi toma a péssima decisão de tentar acertar em Eliseu.

P.S. – Continuo a solicitar que adiram ao patreon. Estamos muito agradecidos aos que já o fizeram. Por um valor residual (não terá de ser mais de um dólar mês!) continuaremos a produzir conteúdos para que continuem por cá. Continuem a ajudar aqui:  Patreon. Muito simples e garantirá a existência do “Lateral Esquerdo” nos meses seguintes.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3043 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

6 Comentários

  1. Este é um blog onde se fala de futebol, arbitragens tens milhares de outros sitios para comentar não estragues um lugar onde realmente se fala sobre o que realmente importa o jogo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*