Entender um génio. Tomada de decisão. Bernardo Silva.

Quem nos segue desde sempre tem lido vezes sem conta frases como “aproximar a equipa do sucesso”, “contribuir para deixar o colega em melhores condições”, entre outras.

Perceber o golo e a assistência é fácil e ao alcance de todos. Entender o que tantas vezes há por trás, nem sempre.

A inteligência e tomada de decisão de nível supremo vislumbra-se em pequenos pormenores que trazem maiores possibilidades de sucesso à equipa. Coisas tão pequenas e tão importantes que escapam ao olhar mais desatento.

Em Bernardo tudo é uma ideia. Um génio porque cognitivamente poucos se poderão comparar.

E genial é a forma como “brinca” com Touré. Afastando-o do lance, partindo a situação de jogo com menos jogadores do City para defender. Brinca, atraindo. Obrigando Touré a travar para o afastar de poder ir defender o lance que seguiria mais à frente com os colegas. Um regalo de decisões.

Bernardo é tudo o que vês. E ainda mais o que vendo não descortinas.

P.S. – Já passam de duas centenas de utilizadores registados na COMUNIDADE LATERAL ESQUERDO. Esperamos lá por vocês para continuar as discussões sobre este jogo maravilhoso e para discutir um possível encontro ao almoço num fim de semana próximo!

P.S. II – Agradecimento muito grande a todos os que já se juntaram a nós no Patreon. Para terem acesso a todos os conteúdos que por cá se produzem, é passar por lá. Recordamos que 1 euro mês será desde logo uma grande ajuda! Alternativa no lateralesquerdo.com@gmail.com.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3046 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

4 Comentários

  1. Já vos devem ter perguntado isto centenas de vezes mas porque acham que Jesus nunca apostou nele? Porque não se adaptou ele a tamanho gênio? Não lhe identificou talento para levar, aos 19 anos, uma equipa às costas? Terá sido pelas suas características físicas ou despreza Jesus a criatividade dos jogadores achando ele que é o único que pode criar?

    E geraldes irá ter o mesmo destino? Que acham?

  2. não concordo e baseio a minha opinião apenas nos principios fundamentais e especificos tem a frente um 3×3 com 2 linhas passe claras (progressão), sendo que ele esta de frente para o jogo e sendo mais rapido que traore e com o espaço entre ele e LD, penso que conseguia um 4×3, e penso eu aproxima mais assim a equipa do golo. o seu comportamento ate pode tirado traore do lance mas permitiu a recuperação de um defesa e a incorporação de outro atacante. para mim apenas tornou a situação mais complexa 4×4 em ves de criar um 4×3. No entanto concordo com muito do que se vai dizendo por aqui sobre bernardo, claramente um atleta muito aptecivel!

  3. Excelente! Quando vi pensei que era mais um video daqueles em que ele faz uma “cueca” ao touré mas felizmente que há gente que vê para além disso. E isto tudo que aqui pões é tão verdade e tão difícil para a maioria aperceber-se. Ainda relativamente áquele episódio que referi da “cueca” ao touré, o que me surpreendeu verdadeiramente foi a pujança fisica que o BS demonstrou ter em 2 momentos antecedendo esse lance. Não o esperava tão forte e tão capaz. Quanto ao que se seguiu, é o que já todos reconhecem: qualidade. Mas para saltar para o passo seguinte tinha que demonstrar ter mais que qualidade e está a demonstrar. Esta pujança que falei é a prova disso. Tinha dito há uns bons tempos atrás que me faz lembrar o messi, mas tem um senão… não é rápido. Agora esta demonstração de força penso que pode esconder um pouco isso. Dou um exemplo de um jogador que nunca poderá ser um grade jogador: o Mata. Pensa como o BS mas tem ainda mais dificuldades neste campo que eu assinalo. Ou seja, é mais lento ainda e em termos de pujança fisica parece-me muito mais frágil.

    Adorei ver este post e fez-me perder aqui nos meus pensamentos e divagar um pouco…

    Continuem

1 Trackback / Pingback

  1. Ideias de um jogo cada vez mais pensado. Xabi Alonso. – Lateral Esquerdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*