Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3767 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

6 Comentários

  1. Muito bom. E o que já acontece é de na bancada ser opinião generalizada de que quando o treinador não afina por esta gritaria, não tem competência para a tarefa…

  2. Pior que isso são as cenas de violência entre pais mesmo à frente dos filhos a meio dos jogos. Ainda há uma semana vi que no meu distrito, num jogo de sub-12 de alguma importância para a atribuição de um título (eu cá sou contra a atribuição de títulos nas provas até ao escalão de sub-12 porque se está a dar demasiado enfoque ao resultadismo em detrimento da natural aprendizagem; o que é certo é que o resultadismo permitido pela atribuição de títulos leva uma dezenas de treinadores de formação que conheço a cometer as maiores atrocidades para com certos atletas) existiram lançamento de petardos por parte de um grupo de pais, num jogo que terminou com uma sessão (algo feudal, pelo que me contaram) de pancadaria entre crianças, treinadores, pais e dirigentes. O relato do incidente pode ser lido na íntegra aqui

    https://www.facebook.com/cdloureiro1997/photos/a.899586286755819.1073741827.899586233422491/1346470102067433/?type=3&theater

  3. No futebol, devido à ilusão do “próximo Ronaldo”, o caso será mais acentuado, mas é uma doença transversal a tudo o que é desporto. Sempre senti mais agressividade em pavilhões onde vou a orientar putos do que sentia quando era eu lá dentro, e isso diz muito…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*