Objectivos para uma boa pré temporada. Jorge Jesus.

 O importante é dar conteúdo à equipa, condição física e intensidade.

Jorge Jesus

Condição física e intensidade, integrada no conteúdo, diga-se. Porque treinar o modelo, é também treinar fisicamente. Não há modelos que contemplem jogadores que não tenham que se mover. Que não tenham que acelerar.

E treinar no modelo, é precisamente fazer crescer a condição física naquilo que mais importa. No jogar próprio da equipa. Condição física direccionada para o jogo. Para o acelerar, desacelerar, cair, levantar, choque. Intensidade também mental. Aumentar o tempo de concentração e disponibilidade mental para continuar a analisar e a tomar decisões de forma assertiva.

Treinar jogando, mesmo na fase em que o jogo é treino também.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3013 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

8 Comentários

  1. Este 343 que o Jesus utilizou ontem é inenarrável.

    Um modelo anárquico, que não tem pernas para andar a nível oficial.

    Mais um ano, os sportinguistas con as expetativas altas, que se podem vir a revelar fracassadas!

    É preciso bem mais para vir a ser Campeão Nacional!

  2. Uma coisa é dar condição física, outra coisa é exagerar. Por isso é que já tem os dois laterais no estaleiro. A dose oferecida na Suíça foi, na minha opinião, manifestamente excessiva.

  3. Maldini, que modo a política de dispensas(má), na minha óptica pelo menos, possa estar a prejudicar a implementação do 3-4-3 de JJ? A saída de Paulo Oliveira não foi um erro sabendo que assenta neste modelo como uma luva? Bruno César à direita, sabendo que é esquerdino, não é um erro de palmatória? Sabendo que não se tem lateral alternativo claro. Jorge Jesus estará a evoluir no sistema a implementar mas não continuará demasiado rígido no modelo de jogador que contrata? Continuação de um excelente trabalho.

  4. Maldini, sei que o problema é meu, mas não percebi nada deste post. Estavas a desculpar o JJ? A sério, não percebi.

    Se era em relação à partida com o Guimarães, dizes que o resultado é pouco importante versus treinar? Se sim, o que achas da frase do Conceição? (‘É uma treta’

    Abraço

    • a frase é do jj, mas teria dado post se fosse de qualquer outro… concentra-te na frase, que é o que importa e nao no mensageiro 😉 abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*