William. Quando a inteligência tudo determina.

Sporting's midfielder William Carvalho celebrates after scoring during the Portuguese league football match Sporting CP vs CS Maritimo at the Jose Alvalade stadium in Lisbon on April 9, 2016. / AFP / PATRICIA DE MELO MOREIRA (Photo credit should read PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP/Getty Images)

Um jogo soberbo do médio centro leonino na posição de defesa central.

Surpreendente? Não tanto! Ter rotinas de posição e hábitos consolidados é naturalmente algo determinante para que se possa apresentar rendimento elevado por longos períodos em competição. Todavia, conhecer o jogo é ainda mais importante que conhecer a posição.

Classe na forma como resolveu cada situação ligando logo as recuperações com as saídas a jogar. Impressionante a sua tomada de decisão e a forma como gere o ritmo de cada jogada que passa pelos seus pés.

Inteligência nos posicionamentos, nas abordagens e sobretudo com bola nos pés pela forma tranquila com que coloca as suas decisões no relvado.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3043 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

8 Comentários

  1. Dadas as conhecidas condicionantes físicas que o impedem de conseguir acompanhar fisicamente 2/3 jogos por semana em campeonatos mais competitivos não seria uma boa opção passar a jogar a Central e assim dar o salto para uma liga de maior dimensao?

  2. André, há algum jogador no mundo que faça constantemente, fora guarda redes, dois ou três jogos por semana sem que seja rendido mais tarde ou mais cedo por um colega? Não é por acaso que os plantéis têm 23/24 jogadores…

    Sobre o jogo, não foi um mau ensaio mas é preciso lembrar que a Fiorentina foi a única equipa que não marcou ao Sporting na pré época tendo em conta que a dupla de centrais era composta pelo William, que sem dúvida fez um jogo tremendo, e o Tobias que deve ter acumulado 7/8 erros graves.

    Isso diz mais sobre o ataque da Fiorentina que sobre o bom comportamento defensivo do Sporting.

    Agora é claro, ter alguém como o William naquela zona é um luxo. Toda a bola que lhe chega ao pé conta realmente como recuperação, mesmo que lhe chegue em más condições, entrega redondinha ao colega. A equipa sofre sem a qualidade de posse e a dinâmica que ele dá ao meio campo, mas a defender para iniciar o ataque foi inacreditável. O Battaglia realmente não é mau jogador e surpreendeu-me pela agressividade e capacidade de queimar linhas quando em posse, mas a diferença de classe entre ele e o William é acentuada. São jogadores diferentes, tendo em conta que prefiro sempre o perfil do William numa equipa que pretenda controlar o jogo em posse.

    Oxalá não seja esta época que saia do Sporting!

      • Problemas do william :

        1) Não ser do clube certo (para alguns adeptos como o andré)
        2) Ser campeão europeu
        3) Não ser do clube certo (para alguns adeptos como o andré)
        4)fazer fluir o jogo da sua equipa com passes incisivos e boas decisões
        5)Não ser do clube certo (para alguns adeptos como o andré)
        6)Jogador com bom posicionamento táctico que lhe permite cortar jogadas com facilidade sem grandes correrias
        7)Não ser do clube certo (para alguns adeptos como o andré)

        Enfim um péssimo jogador.

  3. Inteligência nos posicionamentos, nas abordagens e sobretudo com bola nos pés pela forma tranquila com que coloca as suas decisões no relvado.

    Este comentário diz tudo sobre o William. Só falta dizer que após o jogo vai sair para o Lust e deita se ás 5/6 da manhã bem “carregado”. Ele se tiver uma vida mais cuidada é dos melhores do Mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*