Trabalho de casa no Castelo. Marca Bas Dost.

A qualidade dos executantes é sempre o que faz a diferença. Contudo, não é de menosprezar o trabalho de casa, isto é, o trabalho que durante a semana as equipas desenvolvem para poder surpreender o adversário.

No segundo golo do Sporting, que chegou num livre lateral, três pormenores decisivos que mesmo executados com categoria por Acuna e Bas Dost, saíram do laboratório do mister Jesus.

Posicionamento inicial de Bas Dost, nas costas de todos os defesas vitorianos, permitindo porque lhes fugiu ao contacto visual, surpreender com o seu movimento.

Posicionamento de Bruno Fernandes, que cria dúvidas sobre para onde sairá o passe de Acuna.

O facto de ser um pé esquerdo a bater o livre, é o factor que cria a dúvida no defensor do Vitória. Engano que viria a ser decisivo para que o Sporting consolidasse vantagem no Castelo.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3046 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

1 Comentário

  1. Pode até ser isso tudo, mas é tão mal defendido pelo Guimarães. Aliás, eles vão ter muita dificuldade este ano, estão bastante fracos. Então, sem centrais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*