Defender com muitos, vencer duelos, e defender bem. Marca Harry Kane.

Tende-se a confundir defender bem de defender com muitos. Olha-se para a performance defensiva traduzida por números, e se for baixo, conclui-se que equipa X defende bem.

Defender bem é mais do que ter jogadores com traços defensivos muito acentuados que lhes permitem ganhar duelos e resolver situações, apenas porque os adversários são bem inferiores individualmente. Por isso o FC Porto de Nuno nunca foi uma equipa que defendesse bem. Defendia com muitos a transição defensiva porque não projectava a equipa ofensivamente, e vencia duelos individuais nos seus momentos sem bola.

Defender bem é muito mais do que defender com muitos. Quando aglomeras imensas pernas atrás da linha da bola, é natural que as dificuldades do adversário aumentem. Mas nem isso é significativo de um bom processo defensivo. Porque um bom processo defensivo não corta possibilidades ofensivas! E exige coordenação e movimentos articulados entre todos os elementos. Coordenação entre jogadores do mesmo sector, e coordenação entre jogadores de diferentes sectores. Movimentos de uns, têm de ser complementados por movimentos de outros.

A selecção inglesa passava por dificuldades inesperadas na visita a Malta. Não estava a conseguir criar em número suficiente para se adiantar no marcador, e os muitos elementos atrás da linha da bola, concentrados em frente à baliza maltesa iam dificultando e adiando o inaugurar do marcador.

Todavia, defender bem é muito mais que juntar pernas. E assim marcou Harry Kane.

Sobre Paolo Maldini 3791 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*