O senhor Fejsa

A estatística (partilhado também no fb do Lateral Esquerdo) não demonstra grandes diferenças entre os médios centro da equipa do Benfica.

A diferença na qualidade exibicional do Benfica é que está à vista de todos. Não é igual roubar mais à frente ou mais atrás. E não há como premiar o que mais importa do ponto de vista defensivo, pela estatística. O bom posicionamento! O bom posicionamento que condiciona o jogo ao adversário! O bom posicionamento que leva o adversário para os caminhos que eu quero que o adversário siga.

O rendimento de Pizzi quando partilha o campo com Fejsa, comparativamente quando se vê orfão do seu parceiro ideal, é somente mais um indicador do quanto Fejsa faz crescer o Benfica.

Rodrigo Castro
Sobre Rodrigo Castro 217 artigos
Rodrigo Castro, um dos fundadores do Lateral Esquerdo. Licenciado em Ed física e desporto, com especialização em treino de desportos colectivos, pôs graduação em reabilitação cardíaca e em marketing do desporto, em Portugal com percurso ligado ao ensino básico e secundario, treino de futsal, futebol e basquetebol, experiência como director técnico de uma Academia. Desde 2013 em Londres onde desempenhou as funções de personal trainer ligado à reabilitação e rendimento de atletas. Treinador UEFA A.

5 Comentários

  1. Hoje foi sem duvidas o homem do jogo. A forma ganha o lance ou o ressalto, bem como, condiciona a equipa adversária no momento do primeiro ataque é soberba, que o diga os centrais! Neste jogo o único senão é o pizzi jogar lado a lado quando deveria jogar à frente. Um sinal menos para o RV ao trocar o café lá pelo Júlio neste jogo. Sinal menos também para a dupla de ataque e os seus movimentos e entrosamento. Sinal mais para zivko, profundidade dada pelo a.almeida.

  2. a diferença entre Fejsa e os outros é sobretudo a confiança que a equipa tem no internacional sérvio, é um pouco como acontecia com Ederson que toda a equipa sabia que estava lá e que mesmo que o adversário estivesse isolado havia sempre uma grande probabilidade de o guarda redes se impor ao avançado adversário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*