Um problema de distâncias. Benfica goleado em Basel.

Foi um Benfica sem qualidade nos pormenores sem bola o que se apresentou na segunda jornada da Liga dos Campeões em Basileia. Um problema de distâncias no controlo da profundidade, isto é, no espaço que os últimos defesas dão para o guarda redes, e um problema de distâncias das coberturas defensivas entre os elementos da defesa permitiu ao Basileia ir somando golos e ser mais perigoso.

Crónica no “Visto à Lupa” na edição escrita do “Jornal Record”, também disponível para patronos do Lateral Esquerdo.

Para terem acesso a todos os conteúdos que por cá se produzem, e darem uma pequena ajuda tornem-se patronos deste projecto. Também com acesso à drive do Lateral Esquerdo, onde partilhamos “influências”. Recordamos que 1 euro mês será desde logo uma grande ajuda! Alternativa no lateralesquerdo.com@gmail.com.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3767 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

2 Comentários

    • Quer dizer, quando tudo arde da maneira que ardeu só se pode esperar que a conversa interna seja diferente daquela ladaínha do há noites em que corre tudo mal.

      Só erros individuais não explicam tudo, porque os problemas colectivos do Benfica estiveram lá. Só erros estratégicos também não, porque não há estratégia que sobreviva e um André Almeida como o de ontem.

      Estou para ver no que isto vai dar, mas hoje dói demais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*