O que é um facilitador? O jogo incrível de Krovinovic no Minho

Muitas vezes apelidamos alguns jogadores como facilitadores. Mas, afinal, o que é um facilitador?

É o tipo de jogador que mesmo que passe ao lado da assistência ou do golo, tem tanta ou mais importância que os que surgem com maior notoriedade, pelo simples facto de estes últimos não viverem sem quem por trás defina, construa e crie.

Krovinovic em Guimarães com a sua qualidade e velocidade de decisão e de execução, esteve na origem de praticamente todas as jogadas mais interessantes dos encarnados na partida. Um jogador incrível que retira vantagem e desequilibra o jogo logo no primeiro toque que dá na bola. Seja este para receber ou para aproveitar desequilíbrio já existente, como no lance do primeiro golo do Benfica.

Nos seus pés a bola descansa, dos seus pés, o jogo torna-se mais fácil para os colegas.

Nos comentários alguém perguntou se não estávamos a confundir Krovinovic com Modric ou Rakitic. A resposta é afirmativa. Estamos mesmo.

Sobre Paolo Maldini 3791 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

3 Comentários

  1. Finalmente no 11! Espero que não saia mais! Só falta juntar lá na frente Rafa de um lado e Zivkovic do outro! Isto sem desprimor pelo Diogo, que não tem estado mal, apenas penso que os outros dois com as devidas oportunidades e continuidade poderiam render muito mais! Agora eu digo isto e não vejo os treinos…

  2. Adorei o jogo que fez, e gostei de ver a mudança tactica com Pizzi em jogo tambem. Salvio tem muita qualidade mas acho que a equipa precisa de Zivkovic. Gostava de um Benfica sem extremos puros (de linha) prefiro a posse e qualidade e controle ao resto. Um meio campo de Fesja, Pizzi, Kro, Zivkovic com Jonas e Seferovic. A ausencia de apoio do benfica no meio campo nota-se desde o ano passado.

1 Trackback / Pingback

  1. O primeiro toque na era da velocidade e do pouco espaço – Lateral Esquerdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*