Plano B abaixo do esperado. Portugal empata com os Estados Unidos

Experiências infrutíferas

Possível “Plano B” da selecção nacional abaixo do nível esperado

This content is only available to subscribers. Please contact us at lateralesquerdo.com@gmail.com for details or visit our Patreon page

Login no final da página.

Para terem acesso a todos os conteúdos que por cá se produzem, e darem uma pequena ajuda tornem-se patronos deste projecto. Também com acesso à drive do Lateral Esquerdo, onde partilhamos “influências”. Recordamos que 1 euro mês será desde logo uma grande ajuda! Alternativa no lateralesquerdo.com@gmail.com.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3010 artigos

Criador do “Lateral Esquerdo”, tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto – Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino.

Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).

Autor do livro “Construir uma Equipa Campeã” da PrimeBooks.

Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

3 Comentários

  1. Se alguma coisa, serviu para deitar abaixo o mito que nos querem vender à força de que temos uma base de recrutamento muito profunda – os tais “40 jogadores” de que falava Fernando Santos. O jogo de ontem chegou e sobrou para provar isso mesmo.

  2. Calma. Caramba, um grupo de jogadores que nunca jogou junto… sim, houve lá gente em sub-rendimento, mas outros apenas deslocados. Guedes não pode jogar em 4x3x3 como ponta, Bruno Fernandes e Manuel Fernandes pisam as mesmas zonas do terreno…. o problema estará mesmo no centro da defesa, onde há poucas escolhas. De resto, sim, alguns são segundas escolhas, mas não significa que não sejam úteis, até porque jogarão sempre outros.

    Que diferença qd entraram o Joao Mário e o Bernardo… 🙂

  3. Temos uma seleção ao nível das melhores do mundo.

    Patrício, Semedo, Pepe, Ruben Dias, Raphael, William, Moutinho, João Mário, Bernardo, André Silva e Ronaldo. É este, quanto a mim, o melhor 11 da seleção atual. O Ruben Dias ainda não se estreou mas tenho a sensação que ainda vai como titular ao Mundial.

    Para além destes há muitos outros. Anthony, Ricardo, Cancelo, Cédric, Fonte (nos centrais a fartura é pouca, atualmente), Coentrão, Danilo, Ruben Neves, Pizzi, Adrien, Manuel Fernandes, Renato, Nani, Quaresma, Bruma, Bruno Fernandes, Gélson, Rony, Guedes. Há muito por onde escolher para levar dois 11’s de grande qualidade ao Mundial. Oxalá não haja lesões graves e possamos ir na máxima força para lá. Seremos um candidato a vencer a prova.

    Para além destes, estão para aparecer Dalot, Pêpê, João Carvalho, Félix, Diogo Jota, Diogo Gonçalves, Xadas, entre outros. Têm potencial para ser parte importante do futuro da seleção A, resta saber como darão prosseguimento à sua evolução e como os seus clubes vão apostar (ou não) neles.

    Isto tudo para dizer que acho injusto dizer que não temos uma larga quantidade de jogadores com qualidade/potencial para serem jogadores de nível de uma seleção de topo. A única posição em que estamos menos bem servidos é a de central (e está aí a aparecer o Ruben Dias).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*