A influência de Jorge Jesus

Inúmeras vezes por cá mencionado como o maior influenciador táctico da última década no futebol português, Jorge Jesus, nas palavras de Rúben Amorim:

Sim, nós nesse aspeto… Há que dar mérito ao mister Jesus. Às vezes estou aqui e acordo cedo por causa do Miguel e ponho-me a ver um canal qualquer, porque agora há muitos canais de futebol, e vejo os juvenis, por exemplo. No outro dia estava a ver o Belenenses com o Sporting e vi os jogadores do Belenenses a construírem a três, vi a bola a ir para trás e a defesa a subir… Antigamente não se via nada disso e acho que o mister Jesus – não foi ele que inventou, não é isso que estou a dizer, porque é algo que já vem de Itália há muitos anos -, mas é algo que hoje em dia é banal ver-se na 1ª Liga e lembro-me que na altura em que comecei a trabalhar com o mister nunca tinha ouvido falar nesse tipo de movimentos. E em treinar esses movimentos, porque tu podes saber, mas a forma como se treina e como se liga as coisas é muito importante, e ele é muito forte nesse aspeto. Consegues ver pelos movimentos que toda a gente sabe o que tem de fazer e está uma linha mesmo certinha – isso só pode vir de muito treino.

Rodrigo Castro
Sobre Rodrigo Castro 111 artigos

Rodrigo Castro, um dos fundadores do Lateral Esquerdo. Licenciado em Ed física e desporto, com especialização em treino de desportos colectivos, pôs graduação em reabilitação cardíaca e em marketing do desporto, em Portugal com percurso ligado ao ensino básico e secundario, treino de futsal, futebol e basquetebol, experiência como director técnico de uma Academia. Desde 2013 em Londres onde desempenhou as funções de personal trainer ligado à reabilitação e rendimento de atletas. Treinador UEFA A.

1 Comentário

  1. É, sem dúvida, o treinador que mais influenciou o futebol em Portugal em termos de treino e taticamente, mas mesmo assim acho que ainda tem alguns erros em ler o jogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*