Sporting de Braga de Abel, a melhor equipa da Liga

Para o Sporting de Braga, na Liga seguem-se duas recepções a adversários temíveis. O Rio Ave e o Benfica.

Com o nível de organização colectiva bracarense, não será surpreendente que possa conquistar os seis pontos, e que chegue finalmente ao pódio do campeonato português. Pese embora o grau de dificuldade dos encontros.

Se o jogo é cada vez mais inteligência, o Braga de Abel é a melhor equipa da Liga na presente temporada, num exercício que analisa a equipa puramente na perspectiva colectiva. Poderá não ter os melhores jogadores, o que no fundo em conjunto com a dinâmica conjunta, é o que determina a real melhor equipa, e aquela que normalmente vence as competições de regularidade. Mas, é a mais bem preparada para todos os momentos. A que para além de se perceber o trabalho do treinador, é a mais completa.

Transforma o seu ousado 3x4x3 num 4x4x2 quando perde a posse. Se com bola é uma equipa que cresce a cada jogo, que colectivamente nos seus posicionamentos garante muita mobilidade que proporciona muitas opções ao portador (constante formação de losangos, usando também apoios frontais dos três da frente), que discerne com qualidade o momento de sair em ataque rápido para o de segurar e manter a bola, pausando até ocupar posicionamentos em organização ofensiva, para então com os seus movimentos desmontar oposição, sem bola, o dedo de Abel está ainda mais marcado. Avançado esquerdo (Martins) e o ala esquerdo (Jefferson) baixam e juntam-se respectivamente à linha média e à defensiva, e o 3x4x3 vira 4x4x2, com uma qualidade de posicionamentos em organização defensiva bastante elevada, e que lhe permite controlar o adversário mesmo sem ter bola. Os avançados garantem as necessárias diagonais para impedir adversário de entrar facilmente nas suas costas, e mais difícil ainda se torna entrar nas costas dos médios. O bloco fica compacto e atacar contra o Braga é demasiadas vezes ir por fora ou procurar a profundidade. Também no seu momento defensivo, discerne bastante bem a hora de ir apertar, e a de voltar para controlar. As referências são claras, e ninguém sai sozinho para pressionar. Bola no ar, ou o tipo de passe realizado entre opositores activam comportamentos de pressão que se repetem.

Para quem pretende perceber o que é inteligência táctica e dedo de um treinador em todos os instantes (entenda-se momentos, sub momentos e princípios), na Liga portuguesa, o Sporting de Braga é a equipa a seguir.

E porque o jogo é dos jogadores, a obra prima de André Horta no Bessa:

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3098 artigos
Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

5 Comentários

  1. O que acham do Abel a liderar o SPORTING CP?
    Sempre pensei que o Abel daria um bom treinador e com os jogadores que o SPORTING tem acho que faria um trabalho melhor que o do JJ

  2. É desajustado afirmar que o Braga, globalmente, é a equipa melhor modelada da liga. Há, de facto, alguns padrões de ação interessantes e corretos, mas a qualidade da intencionalidade e concretização do Rio Ave, na generalidade, é consideravelmente superior.

  3. Para já acho um exagero. Ainda demasiado descontinuidade dentro dos jogos. Tentam variar para ter surpresa mas sem ainda robustez no mais simples. Mas a seguir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*