Malcom – Há vida para além de Paris

A verdadeira parada de estrelas do Paris SG ofuscou completamente uma Liga onde ainda há muito talento fora do centro de Paris, à espera da oportunidade para seguir para outra realidade.

Malcom, o brasileiro que chegou ao Bordéus ainda menor de idade, é um dos expoentes máximos da Liga francesa.

A velocidade de execução, e a forma repentina como dribla, são credenciais que ajudam a desbloquear organizações defensivas, sempre partindo do corredor direito para dentro, enquanto de pé esquerdo conduz e de cabeça levantada vê o que se passa ao seu redor. Tem dado imenso nas vistas pelo pontapé incrível que tantos golos de belo efeito lhe tem proporcionado, mas é mais do que um jogador que finaliza. Os desequilibrios são próprios de um jovem irreverente, rápido e com boa qualidade técnica. É porque define com qualidade e raramente perde a posse, mesmo numa equipa com dificuldades, que mesmo tão jovem já se perceba que o Brasil tem mais um grande talento para alimentar a canarinha.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3767 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

4 Comentários

  1. Mais que qualquer outra característica, o que o diferencia é a sua definição, a qualidade no ultimo passe é incrível para um jogador tão novo. Muito similar com o James rodriguez quando faz movimentos interiores, sem bem que menos qualidade de finalização, mas por outro lado também consegue ir para cima com maior facilidade.
    Gostava de saber qual a vossa opinião sobre um jogador que está na B do benfica e que sempre que o vejo penso que seria titular em quase todas as equipas da primeira liga (Chris willock).

  2. Também gostei do que vi, é um bom jogador e ainda muito jovem. Lembro-me que era praticamente titular do Corihthians e que fiquei surpreendido por ter saído para o Bordéus, ainda que essa decisão possa fazer algum sentido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*