Ignacio Pussetto, o possível reforço do Benfica

O argentino de 22 anos é a grande figura do Huracán, actual terceiro classificado no país das pampas.

Alto e esguio, destaca-se pela qualidade com que conduz sempre de cabeça levantada, sempre na direcção da baliza adversária, independentemente de partir do corredor direito ou esquerdo, ora como extremo esquerdo, ora como extremo direito, ele que é um pé direito com imensas soluções para resolver os problemas, seja tocando com a parte interna ou externa.

Tem mostrado muita facilidade de drible, embora a sua morfologia quase não o pareça indicar.

Muito para melhorar no critério para poder ter impacto na Europa. Valorizar mais a posse, errar menos passes e somar menos perdas, será determinante para poder triunfar. Mas, só treinando e competindo a um nível mais alto o poderá melhorar. O potencial está lá.

Rodrigo Castro
Sobre Rodrigo Castro 217 artigos
Rodrigo Castro, um dos fundadores do Lateral Esquerdo. Licenciado em Ed física e desporto, com especialização em treino de desportos colectivos, pôs graduação em reabilitação cardíaca e em marketing do desporto, em Portugal com percurso ligado ao ensino básico e secundario, treino de futsal, futebol e basquetebol, experiência como director técnico de uma Academia. Desde 2013 em Londres onde desempenhou as funções de personal trainer ligado à reabilitação e rendimento de atletas. Treinador UEFA A.

3 Comentários

  1. Muito para melhorar no critério para poder ter impacto na Europa. Valorizar mais a posse, errar menos passes e somar menos perdas, será determinante para poder triunfar. Mas, só treinando e competindo a um nível mais alto o poderá melhorar. O potencial está lá.

    O pior é que, como até alguns adeptos mais ferrenhos já o reconheceram, nenhum jogador que passe pelas mãos de Rui Vitória sai do clube a saber mais do que já sabia de antemão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*