João Amorim. E a Liga NOS, ainda vai demorar a descobri-lo?

FUTEBOL - Nuno Pinto e Joao Amorim, durante o jogo V. Setubal X UD Oliveirense, para 1 meia final Taca da Liga 2017/18, realizado no Estadio Municipal de Braga, em Braga. Terca Feira, 23 de Janeiro de 2018. (VITOR GARCEZ/ASF) V. SETUBAL X UD OLIVEIRENSE - TACA DA LIGA 2017/18

Na meia final da Taça da Liga, a Oliveirense apresentou-se a um nível bem elevado.

De todos, o médio João Amorim, formado no FC Porto, e com passagem pelo SL Benfica, destacou-se pelo verdadeiro recital de qualidade técnica que ofereceu na Pedreira.

Um jogador de classe que procura sobreviver na era da intensidade.

Há talento na segunda liga, à espera do salto para a divisão maior.

Ficam alguns recortes da noite de terça feira, protagonizados por um jogador diferente na hora de tratar a menina:

 

Sobre Paolo Maldini 3804 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

8 Comentários

    • Tem 25! Não é propriamente uma descoberta… formado no FCP, passagem por SLB… mas está na hora de quem está acima olhar com olhos de ver para o que joga…

      • Caro Paolo Maldini

        Este brincava muito nas selecções jovens, desde os sub16 até aos sub21 em 2013.

        Como tem qualidade talvez ainda vá a tempo de fazer umas épocas na primeira divisão.

  1. Lembro-me dele em alguns jogos pelo Benfica. Ainda estava numa fase muito matura da sua formação tática, nos últimos jogos tenho visto as suas exibições e vejo esta frente ao Setúbal como um verdadeiro cartão de visita para os clubes da primeira liga. Mas é um jogador que precisa de estar enquadrado numa equipa que goste de ter bola para poder mostrar toda a sua qualidade

  2. Também apreciei o outro João, no caso Mendes.Excelente controlo de bola, pauta de cabeça levantada, boa decisão, forte no passe curto – médio longo, jogador para outros patamares.

    Muita qualidade na Segunda Liga, brota muito talento que vale apena apostar.

  3. Lembro-me bem dele nas camadas jovens do FCP (sub-15 e sub-17, colega do João Costinha do V.Setúbal, do David Bruno do Tondela, do Ricardo Ferreira do SC Braga e do Sérgio Oliveira do FCP)… um número 10 à antiga…

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. Recordando a Taça da Liga: Uma Oliveirense que merecia ter chegado à final – O Meio Campo
  2. Tratar bem a menina é uma obrigação – Chiquinho – Lateral Esquerdo
  3. Acordem, há talento demais na 2ª liga! – Lateral Esquerdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*