Novo senhor no banco em Portugal

FUTEBOL - Antigo jogador, Silas o novo treinador do Belenenses, durante o primeiro treino da equipa realizado no estadio nacional no Jamor. Quarta feira 17 de janeiro 2018 (SERGIO MIGUEL SANTOS/ASF)

Depois de uma exibição tremenda na Madeira… com total domínio e controlo…parar o Benfica!

Modelo, estratégia, coragem.

Antes de atirarem uns aos lobos, elevem quem ousa fazer mais e diferente.

 

Sobre Rodrigo Castro 218 artigos
Rodrigo Castro, um dos fundadores do Lateral Esquerdo. Licenciado em Ed física e desporto, com especialização em treino de desportos colectivos, pôs graduação em reabilitação cardíaca e em marketing do desporto, em Portugal com percurso ligado ao ensino básico e secundario, treino de futsal, futebol e basquetebol, experiência como director técnico de uma Academia. Desde 2013 em Londres onde desempenhou as funções de personal trainer ligado à reabilitação e rendimento de atletas. Treinador UEFA A.

15 Comentários

  1. Completamente de acordo. Que grande jogo do Belém, com tão poucos recursos. Fico sempre extremamente satisfeito quando alguém aparece a mostrar que é possível ganhar jogando bem, mesmo contra quem tem mais recursos.

  2. Impecável o Belém ontem, um regalo para os olhos. Fiquei com a sensação clara que com os plantéis trocados ontem tinha sido um jogo para os livros de História!

    A ver é se não sofrem de “momentos Tonel”…

    • “A ver é se não sofrem de “momentos Tonel”…
      Desnecessário, descabido e desconexado do contexto do post.
      Ainda bem que não foi o Ricardo Costa a fazer aquele passe para o Marega! Seria linchado na praça pública sem apelo nem agravo. E no entanto acabou por ser um dos melhores em campo. E esta hein? Portanto, se a ideia subjacente ao teu pensamento, foi falar do ‘jeito’ que o Tonel deu ao SCP, só prova que não conheces nem respeitas o jogador em causa. Se a alusão que fazes tiver outro significado então passa à frente deste reparo.
      Quanto ao resto do comentário, estou de acordo.

      Abraço

      • Podes entender a minha alusão como quiseres. Se dormes melhor a pensar que o que quis dizer foi “a ver se contra SCP ou Porto não têm o azar de não estar tão acertadinhos” então foi isso mesmo.

        Pessoalmente espero que de facto o Belém não esteja só a passar pela tesão do mijo de um treinador novo e que as boas ideias se cimentem. Até porque o José Mota está de volta…

        • Todos perceberam a tua alusão e todos inferimos que não sabes o que é um momento Miguel rosa, e todos percebemos de que clube és e que tens pouco espírito desportivo e muito menos sabes que estás num blogue que fala de futebol e não de sargetas.

  3. Grande jogo do Belém, sem dúvida. Mérito a quem o tem. Vamos ver se foi mais o fator surpresa Silas ou se este é um modelo que se mantém assim tão produtivo.
    Seria interessante esmiuçar os referidos modelo e estratégia e de que forma limitaram a organização e transição ofensivas do Benfica, que, embora tenha criado o suficiente para ganhar, me pareceu sentir a falta da capacidade de rutura no jogo interior do Krovinovic – de qualquer forma trata-se ainda do primeiro jogo e para mais na situação atípica do eventual fator surpresa Silas.

  4. Grande jogo do Belenenses, sim senhor!
    É verdade que a partir do minuto 35 o Benfica começou a estar por cima e esteve perto de vencer, mas tambem é verdade que antes disso o Belenenses já podia e merecia ter marcado. Alem disso discutiria o jogo até o final, parece-me, mesmo que o Jonas ou o Cervi tivessem marcado.
    Saíram a jogar desde p inicio até ao fim, foram agressivos e muito bem posicionados o jogo inteiro, e as substituiçoes foram feitas para tentar ganhar e não para segurar o resultado. Isto tem de ser dedo do treinador.

  5. Uma coisa que eu nunca entendi è porque um jogador com a qualidade do Silas nunca jogou num grande ? Ele e seu adjunto Ze Pedro, 2 grandes jogadoresm

  6. Parecem-me que Silas vem trazer ao de cima o bem jogar. Contra o Benfica vimos uma equipa do Belenses bastante personalizada e com o intuito de não deixar muito espaço para os jogadores do Benfica pensarem, porque com espaço a tomada de decisão de jogadores como Jonas dentro de área fazem a diferença…Já na saída para o ataque a equipa sempre junta e com várias linhas de passe, no momento da pressão linha subida(primeiros 35 minutos) e a linha de 4 à frente do trinco a asfixiar o meio-campo da equipa Campeã em título!!
    Grande análise. Temos Belenenses até ao final da época.

  7. Admito que tinha sérias dúvidas sobre esta escolha para o Belenenses. O seu trabalho como comentador não me inspirava grande confiança. Fica patente que uma coisa não tem nada que ver com a outra. E dou a mão à palmatória e ainda bem. Precisamos de bons treinadores na nossa liga.

    (Agora só falta é resolver os problemas entre o CF os Belenenses e a SAD, que tanto entristecem os sócios)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*