Desembrulhados

Curtas do melhor dos três jogos da presente época entre FC Porto e Sporting:

  • Finalmente desembrulhados, e desembrulhados por Jorge Jesus. Mudou para contornar a organização defensiva do FC Porto, principalmente na zona de construção, para preparar as entradas para a zona de preparação. A mudança trouxe, todavia, posicionamentos diferentes na sua primeira fase defensiva, e deixou então de bloquear as saídas para o ataque dos azuis;
  • Com tal opção, venceu o “espectáculo”! Mais chegadas às zonas adiantadas com bola dominada, por parte de ambas as equipas, que ligaram na noite de hoje com muito mais qualidade o jogo por entre as diferentes zonas do que o que havia feito anteriormente;
  • Foi substancialmente melhor ao longo de toda a partida a equipa de Sérgio Conceição. Porém, sem a presença de Danilo sofreu bastante mais do que o habitual nos momentos após a perda. E se o FC Porto foi melhor no seu ataque posicional que a equipa leonina, o Sporting teve uma série de saídas em ataque rápido bastante prometedoras, e que não se transformaram em situações de real perigo porque quem conduziu os ataques não soube definir assertivamente;
  • Mais um jogo de nível superior de Sérgio Oliveira. Competência nas suas decisões com e sem bola, o médio portista atravessa um momento importante, que lhe valerá a presença no onze mesmo quando Danilo regressar.
Rodrigo Castro
Sobre Rodrigo Castro 217 artigos
Rodrigo Castro, um dos fundadores do Lateral Esquerdo. Licenciado em Ed física e desporto, com especialização em treino de desportos colectivos, pôs graduação em reabilitação cardíaca e em marketing do desporto, em Portugal com percurso ligado ao ensino básico e secundario, treino de futsal, futebol e basquetebol, experiência como director técnico de uma Academia. Desde 2013 em Londres onde desempenhou as funções de personal trainer ligado à reabilitação e rendimento de atletas. Treinador UEFA A.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*