Da Liga Europa para o Mundo

Hoje damos a conhecer três jogadores incríveis que disputam a Liga Europa, em trânsito para as grandes competições, que o seu o potencial faz adivinhar chegarem com naturalidade.

Nabil Fekir, o francês que joga nas costas do ponta de lança no Lyon, é uma das grandes figuras europeias, de todos os que ainda não têm a tão desejada notoriedade.

Um pé esquerdo de sonho, capaz de driblar opositores de forma sucessiva, sempre com a bola colada na bota, e finalizar com enorme potência e mestria cada lance, Fekir é um criativo com uma velocidade de percepção sobre tudo o que o rodeia no jogo muito elevada. À capacidade cognitiva alia velocidade de execução.

É uma das grandes figuras da Liga francesa, e da presente edição da Liga Europa. Com a certeza de que chegará aos palcos maiores.

Houassem Aouar partilha com Fekir o clube. Tem apenas dezanove anos e já uma capacidade para definir que impressiona.

É um médio que ocupa o espaço central, ou parte do corredor esquerdo em momento ofensivo, com uma qualidade técnica muito elevada. Drible fácil e condução sempre de cabeça no ar a ver tudo, Aouar é o protótipo do médio que mais falta faz nos dias de hoje no jogo. Aquele jogador capaz de em espaços curtos e perante organizações cerradas, receber, enquadrar e colocar os colegas em situações mais vantajosas.

O francês de descendência africana, é mais um jogador de ascendência argelina a surgir no contexto futebol Europeu e a encantar pela forma como se relaciona com a bola.

Também ele está condenado a palcos maiores que a Liga Europa.

 

Patrick Cutrone tem vinte anos e é já uma referência no AC Milan.

Cutrone é um finalizador de excelência a fazer recordar os grandes pontas de lança italianos de outrora, pela forma como parece adivinhar e antecipar cada lance antes dos próprios defesas, e aparece no momento e no espaço oportuno para finalizar a criação alimentada pelos seus colegas, seja de pé direito ou no jogo aéreo onde a excelência do seu gesto tem um impacto tremendo. Também pela sua incrível aceleração nos espaços curtos, e capacidade para se furtar e aguentar a presença dos adversários, sem perder contacto ou qualidade no gesto a finalizar.

Muito para crescer em zonas de criação, mas um goleador que chegará ao topo do futebol Europeu pela excelência na fase de finalização.

Sobre Paolo Maldini 3789 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*