A nova vida de André Horta

O Braga tem três dos médios mais interessantes da Liga. Os habituais titulares Vukcevic e Danilo, e André Horta, o jovem português que tem aparecido nos tempos mais recentes como um elemento da linha defensiva no inicio do ataque posicional.

Uma decisão que diz bastante do que idealiza Abel. Baixa para iniciar o ataque um jogador que sente um conforto muito grande com bola, que tem soluções no passe, condução e drible para iniciar o ataque, e que sai bem da pressão dos adversários.

Resgatou André Horta para uma posição baixa no início da construção, e ganhou qualidade para impor o seu jogo com bola.

A qualidade de decisões e a capacidade técnica de André, tem sido um dos muitos pontos de interesse do jogo do Braga.

Porque é atrás que tudo se começa a desenhar, vale a pena ver Horta a sair da pressão com bola, e a ligar o jogo interior bracarense.

 

 

Para terem acesso a todos os conteúdos que por cá se produzem, e darem uma pequena ajuda tornem-se patronos deste projecto. Também com acesso à drive do Lateral Esquerdo, onde partilhamos “influências”. Recordamos que 1 euro mês será desde logo uma grande ajuda! Alternativa no lateralesquerdo.com@gmail.com.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3288 artigos
Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

8 Comentários

  1. Não acham que seria um erro um jogador desta craveira, e com a qualidade que apresenta aos 21 anos, ir para uma liga como a MLS? Não terá hipóteses no curto prazo de jogar no Benfica, ou noutro grande em Portugal, ainda que ganhando menos comparativamente?

    • Não não és, eu até penso que já faria melhor figura que o Pizzi desta temporada, lutaria com o Pizzi da temporada passada, mas apresenta maior potencial que o Pizzi…

      Para o ano chamaria de volta o Hortinha, e emprestava o João Carvalho ao Braga 😛

  2. Na postura, não necessariamente nas capacidades, tem uns tiques de Rui Costa. Só por isso e por ser tão benfiquista que até dói, merecia lugar no plantel do SLB :).

    Mas uma questão: se ele joga como 6, numa equipa como o Benfica, conseguiria ter desempenho defensivo bom o suficiente? Ou não é ele o elo mais atrasado do triângulo e percebi mal? Para mim, seria um concorrente de peso para o Pizzi, mas o João Carvalho também é, e se na época seguinte ficarmos com Zivkovic, Pizzi, Krovi, André Horta e João Carvalho, parece-me gente a mais…

  3. Publicação interessante, e também solução interessante para a equipa. É talentoso, joga onde houver lugar para jogar.

  4. Publicação interessante, e também solução interessante para a equipa. É talentoso, joga onde houver lugar para jogar. Ah e nesta ideia recente do Benfica ganha muito mais força a sua presença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*