Voa Cristiano!

A evolução de Cristiano Ronaldo nos últimos anos tem sido notória, e ajuda a perceber que mais do que os traços condicionais, ou a habilidade técnica e motora, importa o lado cognitivo.

Ronaldo é hoje menos ágil, menos rápido e até tecnicamente parece ter mais erro do que antes. Mas, com o deteriorar de uma ou outra capacidade, Cristiano percebeu claramente onde é mais forte, onde poderá continuar a fazer a diferença e fazer valer o reconhecimento para que continue a somar prémios, também individuais.

Perdeu o vicio do drible insípido, da notoriedade em cada espaço. Ele que fora da grande área já não demonstrava criatividade e gesto técnico para desequilibrar como outros. Passou a tocar menos vezes a bola, e a fazer mais.

Mais procura dos colegas, mais procura do passe que entra no corredor central quando está fora, ou do lateral no último terço, para então aparecer na grande área, onde é difícil recordar alguém tão competente e com tantos argumentos quanto Cristiano em toda a história do futebol.

Há muito que é desejado em Paris. Por lá passou na noite de terça feira, e deixou bem patente a sua marca. Menos individualismo, melhores decisões, maior percepção das suas próprias qualidades. E golo. Sempre o golo.

 

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3359 artigos
Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

1 Comentário

  1. Este artigo pareceu-me mais uma “obrigação” de falar no Ronaldo do que outra coisa. É popular, para a maioria da carneirada tuga é o melhor do mundo, o lateral esquerdo quer, naturalmente, crescer… Enfim, entende-se o objetivo. Até porque falando do vídeo, o que vi foi um festival de passes falhados e decisões banais, que eventualmente até o Marega as tomaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*