O regresso de Rafa Silva

Há jogadores com um determinado perfil, que na dificuldade não têm a perseverança e capacidade para ultrapassar obstáculos. Reduzem a sua capacidade de trabalho e resignam-se a um papel menor do que aquele que na verdade poderia ter. Só por alguma fortuna voltam ao palco. E ai chegados, a continuidade traz a confiança, e a confiança a qualidade, quando esta existe.

Rafa Silva é um dos que tais.

Resignado com a sua condição e sem tempo de jogo, desistiu, e quando foi chamado, não correspondeu. Hoje, depois de uma série de tempo consecutivo, fruto de uma série de vicissitudes, é um jogador novo. Finalmente caminha para provar um potencial imenso.

Poucos jogadores têm tanta capacidade de desequilíbrio individual como Rafa. O português que em Braga nunca sentiu tantas dificuldades para finalizar como na aventura na Luz, crescendo no momento específico de último toque, será o que sempre prometeu. Jogador para resolver jogos atrás de jogos.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3356 artigos
Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

3 Comentários

  1. É interessante comentar o aspecto psicológico, mas de que forma pode um treinador ajudar esses jogadores?

    É que o caso do Rafa é daqueles em que o mediatismo não permite que se esconda a má gestão por parte do treinador. Quão más jogos foram perdoados pelo treinador a Sálvio enquanto que era implacável para com os poucos minutos que dava a Rafa? Será de somenos importância o facto de Rafa só se libertar e explanar o seu futebol quando há a garantia de que o Red Pass Sálvio ficaria de fora umas semanas largas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*