Diogo, o outro miúdo que é o futuro da nossa defesa

Durante épocas a fio Portugal suspirou pelo “envelhecer” dos seus defesas centrais, olhando para baixo e a sentir dificuldade em encontrar sucessores.

Na temporada passada surgiu Rúben Dias, no Benfica e de repente o cenário pareceu um pouco mais desanuviado.

Na presente pré temporada, dá-se a conhecer Diogo Leite. O defesa central do FC Porto de 99, e que parte portanto para a sua primeira época como sénior, pese embora na temporada transacta já ter defendido as cores dos azuis e brancos na segunda liga.

Diogo Leite é mais um produto do bom trabalho que se faz na formação em Portugal. Defesa central com muito conhecimento não somente do posicionamento, mas também da orientação corporal em cada situação, precavendo controlo da profundidade, e abordagens defensivas.

Para lá do muito conhecimento da posição, também percebe o jogo, como tão bem demonstra nos momentos de transição.

O pé esquerdo é nos dias que correm uma mais valia, capaz de tornar um central ainda mais diferenciado, se houver qualidade em tudo o mais, como é o caso.

Uma estrela que cresceu e irá desenvolver-se no FC Porto, até chegar o momento em que com Rúben Dias assegurarão o futuro do centro da defesa portuguesa.

Boas decisões sem bola expressas em posicionamentos, alinhamentos e orientação corporal. Eis Diogo Leite, capaz de envergonhar qualquer central com muito mais anos de experiência:

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3333 artigos
Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

4 Comentários

  1. Parece ter bastante qualidade. Se o plantel do Porto continuar assim pode ser que ainda agarre a posição.

    Já agora, alguém tem seguido o Valência? O Vezo também parece ter qualidade para chegar à selecção.

  2. Tenho dúvidas que se afirme. No jogo frente ao Newcastle demonstrou o habitual tipo de defesa da formação portista. Não ganhou um único lance na dividida e só não causou problemas porque Filipe esteve sempre bem nesse aspecto. Não é um central físico, nem domina os duelos aéreos como fazia o Marcano. Veremos se foi apenas circunstâncial, porque parece ter qualidade para ser certinho, mas muito verde ainda para central que se destaque como uma barreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*