Casa de génios

Nos últimos anos não param de chegar ao futebol profissional jogadores de elevada craveira, formados na Academia do Benfica no Seixal.
Na passada semana, em jogo da Youth League, dois jogadores de inegável qualidade e potencial deslumbraram a Europa dos mais novos.
Um deles com maior protagonismo, pois finaliza, tem a ginga própria dos que partem um jogo sozinhos, e levantam a bancada a cada toque. A notoriedade já é alta, por isso ninguém vai estranhar se for o próximo a dar o salto para a equipa A. Criatividade, técnica, qualidade de passe, sempre em alta rotação!
Alguns meses o separam do outro João que já espalha magia pela Luz. Quão bom seria juntar os dois no mesmo hectare de relva… O que lhe falta? Nada, apenas minutos! Jota está pronto.
O outro é um pequeno génio, com toques de Iniesta, passada de Xavi. Podia perfeitamente estar em La Masia, pois é o protótipo de jogador à Barça. Dos seus pés saem passes com instruções, quem os recebe sabe o caminho, pois como coloca a bola facilita a acção e decisão seguinte. Liga o jogo mesmo nos pés dos colegas! No ultimo ano de júnior espalha magia em cada toque, parece nunca complicar e a sua baixa estatura é sempre compensada com o posicionamento correcto que lhe permite ganhar muitas bolas se sequer entrar no duelo físico. Tiago Dantas é o seu nome, e deu um verdadeiro recital de genialidade na primeira jornada da Youth League.
Dejan Savicevic
Sobre Dejan Savicevic 52 artigos
Treinador, apaixonado por desporto, futebol e treino. Experiência em campeonatos nacionais na formação e atualmente ativo no futebol sénior. Colaborador na área de scouting e análise de jogo, com vários treinadores e equipas do campeonato nacional da Primeira Liga. contacto - galeiras@gmail.com

10 Comentários

  1. De notar que o Dantas está no último ano de juvenil, não de júnior A, e já joga na Ledman LigaPro. Brilhante trabalho da formação do Benfica: não só na captação de talentos mas também na forma como a equipa joga, ao qual não é alheia a estrutura. A subida dos treinadores com o escalão que treinavam mantém os processos de jogo e a entrada do Bruno Lage para a equipa B facilita a entrada dos jovens pois alarga todo esse processo.

    • Olá Bernardo. Dantas é de 2000, por uns dias não é de 2001, mas sendo de 2000 este é o seu ultimo ano como Junior. Jota e felix são de 1999, logo 1º ano de seniores!

  2. Enquanto o Benfica tiver este treinador nos seniores de pouco adianta ter um Xavi ou um Iniesta se a ordem é bater da defesa para o ataque ou cruzar em 1×5 na área em vez de construir….

  3. Um trabalho fantástico, só tenho pena de ser em Portugal, um contexto infectado por doentes mentais que só sabem dizer mal, mal, mal de tudo e mais alguma coisa. Com nexo e sem nexo o que interessa é malhar. Como aliás podemos constatar nesta publicação (e há-de aparecer por aí um palhaço ou outro para falar da estatura do Dantas). Portugal é um país de haters, o que é deveras irritante. Deixem os miúdos brilhar!

    • Essa do doente mental foi para mim?

      Eu aprecio imenso o talento do miúdo…

      Fiz um desabafo como benfiquista naquilo que me preocupa na equipa.

      Antigamente atacavam-se os argumentos e não as pessoas aqui pelo Lateral Esquerdo…

  4. Dá-me calafrios saber que o Dantas daqui a uns anos pode ir parar às mãos do Rui Vitória e todo o seu jogo não vai posto em prática em detrimento do xutão…

    Estou a imaginar o Rui Vitória olhar para o Dantas e pensar, mas como é que eu posso por a jogar este médio sem corpo?

    O Dantas é da melhor nata que anda pelo futebol, mas só alguns sabem a usar.

    Uma prova é a não chamada às selecções jovens.

  5. Isso da não chamada já é tradição..

    Faz lembrar o Felix.. O Maior talento a sair da formação em Portugal nos últimos anos, o mais predestinado ao Nível do Talento/inteligência ( sim o Bernardo é talentoso, mas ali tb há muito trabalho do jogador.. o Felix é diferente, é muito talento natural.. com mais ou menos esforço, para mim outro nivel totalmente) , é o genero da comparação Ronaldo / Messi.

    Anyway, o Felix tb não teve passagem de selecções… só no Benfica chega as selecções e muito tempo depois de chegar ao clube.. !! Alias chega as selecções sub 18 ou sub 19.. e pouco tempo depois já estava a saltar para os sub 21.. onde se estreia aos 17 anos, só para se perceber quem andou a dormir.

  6. É incrivel como num texto sobre 2 promessas do futebol do SLB, se conseguem gerar tantos comentários de ódio ao Rui Vitória. Reparem que estão a pontapear o treinador que mais espaço na equipa principal tem dado a jogadores da formação. Quão ridiculas podem ser essas criticas, já é dificil de quantificar. Chegou-se a um ponto em que chitar no Rui Vitória se tornou desporto nacional, só porque sim. O que se sevia diacutir é onde estariam os Dias, Gedsons e Felixs da vida se Rui Vitoria não fosse o treinador do SLB.

    • Pedro Lucas se me derem batatas como única comida para alimentar eu tenho mérito se a plantação de batatas for a melhor dos últimos 10 anos sem ter tido ponta de influência na plantação? Não sei o que é “chitar” nem “diacutir”…

      O legado que o Jorge Jesus deixou é lixado com f no Benfica da mesma maneira que o legado que o Vítor Pereira deixou no FCP…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*