A estreia da gazela portuguesa em França

O potencial de Rafael Leão é um absurdo. É talvez o produto mais diferenciado e com maior capacidade para chegar ao topo que sai de Alcochete em vários anos.

Com a lesão de Bas Dost, e o enfraquecer do plantel colocado ao dispor do treinador da equipa principal leonina, parece que em termos desportivos, não há duvidas de que Leão terá dado um passo demasiado incerto. A normalidade seria estar a crescer como indiscutível na equipa do Sporting, logo no seu primeiro ano de sénior.

Não quis assim o jovem prodígio que só muito recentemente se estreou na Liga pelo Lille. Foram poucos minutos, e apenas três intervenções no jogo.

Uma delas foi assim:

 

1 Comentário

Responder a Bernardo Felix Jota Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*