Matteo Guendouzi

Matteo iniciou a sua caminhada no futebol, bem perto de casa, no todo poderoso PSG. Com idade de Juvenil foi dispensado e caiu no modesto Lorient onde, no seu primeiro ano de júnior tentou ajudar a equipa A do seu clube a não descer de divisão!!! A época passada, a ultima da sua formação, foi cumprida na Ligue 2 francesa! A rede de scouting do Arsenal recrutou um jovem na Ligue 2, que actualmente está na sua primeira época de sénior e a encantar! Chegou a Londres, viu e quase venceu. Depois de um inicio forte, não tem sido titular absoluto dos “Gunners”, mas já se fala da sua chamada à selecção principal do seu pais!

Poucas serão as palavras para descrever a forma tão simples como todas as suas intervenções se parecem!! Incrível como consegue transportar a bola e ao mesmo tempo gesticular, dando indicações aos seus companheiros para eles se posicionarem e simplificarem o caminho para a bola entrar, a sua percentagem de acerto está para lá de impressionante e mais que tudo isso, tem passes que rasgam organizações defensivas e muitas vezes as ferem de morte. A forma como temporiza e acelera o jogo, o recorte técnico e a elegância que põe em campo fazem-me lembrar Rendondo, El Príncipe.

Mais que uma promessa a seguir, uma certeza que em breve estará no topo do futebol mundial!

Dejan Savicevic
Sobre Dejan Savicevic 50 artigos
Treinador, apaixonado por desporto, futebol e treino. Experiência em campeonatos nacionais na formação e atualmente ativo no futebol sénior. Colaborador na área de scouting e análise de jogo, com vários treinadores e equipas do campeonato nacional da Primeira Liga. contacto - galeiras@gmail.com

5 Comentários

  1. Adoro todos os vossos artigos, mas não posso discordar mais com este. Não é opinativo, mas factual que os primeiros jogos do Guendouzi no Arsenal foram uma lástima: imensos passes errados, duríssimo de rins, muito lento, más recepções, a acusar muito a pressão também. Contudo, adorado pela crítica porque os ingleses vão muito pelo background do jogador (ex-clube, “estilo”, idade, etc.). Aconselho a visualização do primeiro jogo do Arsenal no campeonato. E mesmo o segundo. Simplesmente horríveis e com uma taxa de desacerto muito grande.

    Já agora, como é que destacam o Guendouzi e não o Lucas Torreira? Esse sim, um craque… que curiosamente roubou o lugar ao primeiro.

  2. Jogador fraquíssimo.. desculpem a franqueza mas este será o pior post do lateral em muito tempo!

    Apertado ficou sempre sem bola, super limitado a nível técnico e defensivo..

    Jogador de nível do Lorient..

    • Não posso concordar mais. Ainda hoje deixou claras as suas limitações. Muito lento, nada confiante na hora do desarme nem na hora do passe. Tem erros básicos e demonstra pouco à-vontade (hoje conduziu uma bola e, mal foi apertado, jogou-a para o lado onde não estava ninguém). Destaquem o Torreira, esse sim!

  3. Chegou, viu e venceu. Literalmente porque venceu logo o prémio de jogador do mês dos Gunners. A confiança que este miúdo de 19 anos tem é incrível. Sempre disponível para ter a bola, seguro, qualidade de passe incrível e quando joga ao lado do Torreira ainda se solta mais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*