Furar pelo corredor central – O Exemplo do Chelsea

O melhor caminho para chegar à baliza adversária é pelo corredor central porque é lá onde tudo pode acontecer! É onde está a baliza e onde deverão estar mais jogadores. O Chelsea de Sarri é das melhores equipas europeias a furar linhas adversárias pelo corredor central, não só pela qualidade individual que têm, mas principalmente porque junta os mais criativos no espaço interior.

Desde a sua 1ª fase, o modelo de Sarri é vincado para entrar em zonas de criação pelo corredor central. Entrando em zonas de criação, a qualidade individual dos jogadores é que define o rumo de cada jogada. Para isto, é fundamental cada jogador percepcionar, num espaço temporal de centésimos de segundos, tudo o que se passa à sua volta e o melhor timing para entregar. Se há condições e espaço para combinar, se há espaço para quem vai receber a bola enquadrar, se têm que tabelar porque vêm pressão… Tudo importa, quando se decide num espaço tão curto!

O 2ªGolo do Chelsea contra o Fulham é um exemplo de como furar pelo corredor central e demonstra o quão importante é a tabela para eliminar vários adversários em espaços curtos.

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*