Mais juntos

Benfica de Bruno Lage soma a segunda vitória em dois jogos

O arquipélago dos Açores assistiu ao regresso de um Benfica mais junto. Mais junto no sentido em que trocou os constantes momentos em que decidia em conjunto sair para pressionar, por uma organização defensiva que privilegiou sobretudo os momentos de controlo. A linha média composta por Pizzi, Zivkovic, Gabriel e Fejsa, manteve o seu posicionamento mais baixo, e portanto mais perto da linha defensiva, This content is only available to subscribers. Please contact us at lateralesquerdo.com@gmail.com for details or visit our Patreon page

Para terem acesso a todos os conteúdos que por cá se produzem, e darem uma pequena ajuda tornem-se patronos deste projecto. Também com acesso à drive do Lateral Esquerdo, onde partilhamos “influências”. Recordamos que 1 euro mês será desde logo uma grande ajuda! Alternativa no lateralesquerdo.com@gmail.com

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3614 artigos
Pedro Bouças - Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

3 Comentários

  1. Acho que houve apenas um pormenor que faltou destacar na organização defensiva pela negativa: Gabriel demasiado atraído ao lado direito (de Fejsa) quando a bola estava nesse flanco. Sobrava apenas Zivkovic para equilibrar o meio. Aconteceu diversas vezes na primeira parte.

  2. Este jogo tem tanto para ver. Faltou o pormenor do vlachodimos a sair a jogar com os pés, onde os centrais abrem completamente, os laterais sobem e fesja recua. Não sei se vlacho será o melhor guarda redes para fazer isto, mas gosto de ver.

  3. Como tinha dito depois do jogo com o aves, o Benfica va ao desastre se nao resolver dois problemas:
    1/ o bloco partido depois de nao conseguir a segunda bola que deixa auto estradas de espaço a jogar para os adversarios e espaços mal ocupados na estrategia defensiva.
    2/ a incompetencia dos centrais nos cruzamentos.

    O primeiro problema foi resolvido como bem dito no titulo ” mais juntos” e momentos de pressao mais coletivos e a ser mais letais como nas laterais . Os centrais sobem mais na estrategia ofensiva e o bloco està mais unido.

    Assim jà houve menos cruzamentos mas o segundo problema està ainda para resolver. Como pode ser que os centrais deixam-se anticipar-se?

    A minha pregunta é essa: como o Ruben Dias disfarçou ou entao como é possivél regressar? problemas fisicos, mentais?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*