Dost, ponto!

Bas Dost pouco ou nada acrescenta com bola, a não ser o último toque, ponto!

Bas Dost não liga o jogo ofensivo com qualidade aceitável para uma equipa que se quer dominadora, ponto! Aposto que muitos já me insultam, óbvio que há alguns lances em que consegue essa ligação, mas precisa de 20 bolas para acertar uma, a quantidade de desacerto é gritante, ponto!!!

Bas Dost, não tem morfologia para ser um avançado que pressiona de forma efectiva a primeira fase de construção adversária, que reaja à perda de forma rápida e eficaz e que participe de forma colectiva na organização defensiva da sua equipa, ponto!

Bas Dost apenas joga uma fase do jogo, a finalização e mesmo aí denota algumas fragilidades, no entanto é nisso que é forte, ponto!

Imaginem o sacrifício de Messi numa equipa dos anos 90 em Inglaterra onde o pequeno genial passaria todo o jogo a exercitar o pescoço, basicamente é o mesmo que ter Dost numa equipa que se quer de construção, posse e constante mobilidade, ponto!!! Com 10 então, até um miúdo de 8 anos percebeu que Dost era, mais um, a menos!

Entre um avançado que marca 30 golos e dá zero ao jogo e outro que marca 10, mas que está ligado ao jogo, prefiro sempre o de 10 porque o que ele não dá em golos, dá em assistências, em decisões, em disponibilidade e ajuda a ter mais qualidade e uma maior variabilidade de como se chegar ás redes adversárias. Se fizer tudo isso e marcar 30?!? Magnifico, mas há bem poucos assim, ponto.

INSCRIÇÕES PARA O FÓRUM JÁ ABERTAS (AQUI)

Com o apoio da CM Paredes e da Parjovem, com o patrocínio do CGD e da Prozis, e com o RECORD como media partner. – Brevemente divulgaremos mais convidados que se juntarão a: Nuno Manta, Manuel Cajuda, Fernando Valente, Rui Quinta, Ricardo Sousa e Bruno Fidalgo, André David.

Sobre o jogo (planos, modelos, estratégias) e o treino estaremos um dia inteiro a falar com mais de uma dezena de profissionais, no Fórum do Lateral Esquerdo, com mais de uma de dezena de convidados do alto rendimento, para que todos possamos continuar a crescer.

Dejan Savicevic
Sobre Dejan Savicevic 71 artigos
Treinador, apaixonado por desporto, futebol e treino. Experiência em campeonatos nacionais na formação e atualmente ativo no futebol sénior. Colaborador na área de scouting e análise de jogo, com vários treinadores e equipas do campeonato nacional da Primeira Liga. contacto - galeiras@gmail.com

14 Comentários

  1. Pensei o mm ao ver essa parte do jogo. E então qd entrou o outro avançado…ficou com menos 3…os dois avançados estavam sempre a posicionar atrás dos centrais adversários.. sempre MT longe, isto das poucas vezes q o Sporting teve bola. Na minha opinião deveriam ter defendido em 432 com o BF, adiantado em relação aos outros dois médios ou mm 441…Mt mal o treinador…e não tem adjuntos q vejam isso….

  2. Concordo e já há algum tempo o acho!
    O Sporting deveria dar esta fase difícil em termos financeiros para vender Dost, pode ser que algum clube Chinês ou Americano ainda dê entre 15 a 20M por ele apesar de achar que não vale isso e encontrar um jogador jovem que esteja presente durante os 5 momentos do jogo, deixo aqui algumas hipóteses: Ponce (AEK/Roma), Weah (Celtic/PSG), Maupay (Brentford), Diallo (Metz), Stepinski (Chievo), Koulouris (Atromitos/PAOK), Ajeti (Basel), Prevljak (Salzburg), Abel Ruiz (Barcelona B).

  3. Excelente texto, excelente opinião, excelente visão de jogo! E por fim excelente trabalho da vossa parte! Falando do Dost, é um poste, ponto! É fraco, ponto!

    • Cardozo tinha muita aptidão, deixava a bola sempre jogável e redonda para os colegas, onde tinha de cair, sem esforço, metia a bola onde queria, e não era só a finalizar. Bas Dost está para Cardozo como um cão doente está para um pastor alemão …

      • ahahaah Manuel… só tu. Mas totalmente de acordo… lembro-me de falar com um ex treinador do Cardozo que disse que até nos aquecimentos, Às vezes inventavam jogos de outras modalidades e ele era o melhor em tudo

  4. Desculpa lá o reparo mas com tantos Pontos já estou confuso. Porque é que não puseste lá um ponto final, que era o mesmo? É bastante arrogante esta mania de usar o Ponto. E, PARA MIM, é de um estilo bastante duvidoso.

  5. Mas estás a dizer que a culpa é do Dost ou do treinador que, claramente, deu indicações para ele estar ali no círculo de meio-campo?
    Não sei se posso imputar responsabilidades ao Dost. Com JJ o Dost participava muito mais na ligação do jogo e fazia muitas tabelas de primeira. Com este treinador limita-se a tentar apanhar bolas de cabeça.

    Em relação aos médios desligarem concordo. Parece-me que é um misto de pouca perceção posicional dos médios e do sistema defensivo não estar bem trabalhado, onde o treinador tem grandes responsabilidades.

    Caramba, o SCP contratou o Raul José para o scouting, bem lhe podia pedir ajuda para ele dar umas dicas ao Keizer de como se defende.

  6. “Entre um avançado que marca 30 golos e dá zero ao jogo e outro que marca 10 mas que está ligado ao jogo, prefiro sempre o de 10 porque o que ele não dá em golos, dá em assistências, em decisões, em disponibilidade” concordo 100%. Aqui enquadro o Seferovic, pode não ser um finalizador como é o Dost mas tem uma entrega ao jogo enorme, tanto no momento defensivo como ofensivo, tanto a aparecer nas alas como no centro, tanto a atacar a profundidade (ex 2º golo na Turquia) como fixo na área, peca na finalização e é aí que o Dost é melhor, mas se o Seferovic tivesse uma finalização melhor era jogador para outros voos.

  7. Sim Savicevic, Bas Dost é como dizes um inútil e compreende-se a necessidade de exclamar o óbvio, com pontos de exclamação ou doutra forma qualquer, já que o holandês tem uma falange de adeptos que não acha descabido o Sporting jogar com um mono que é só o jogador mais caro da sua história, tanto no que se pagou aquando da contratação como em salários, anualmente, especialmente um mono num contexto duma equipa fraca que perdeu William, JJ, Gelson e até Nani, muito recentemente. E claro, quanto mais ridículo é A (noção que Bas Dost serve para uma equipa grande), torna-se necessário desmanchar A de forma mais contundente. Daí, o uso de exclamações.
    Savicevic, lamentavelmente, é muito fácil desmontar isto: quando Bas Dost tinha uma equipa grande e dominadora que criava um volume de jogo acima da média (é o que as equipas grandes fazem), e quando tinha um treinador muito bom a jogar só para ele, o holandês fazia 16 ou 17 golos por época, incluindo obviamente a treta dos penalties. Mas o mais relevante é que a totalidade (sequer a parte maior mas TOTALIDADE) desses golos são obtidos no limite a 5 ou 6 metros da linha de golo, onde ele tem apenas de encostar, e fazê-lo sem o mínimo de classe ou de aptidão. Só assim é que ele faz golos.
    Hoje, Fevereiro de 2019, quando ao invés de uma equipa grande a jogar para ele tem uma equipa fraca e débil e mal orientada a tentar jogar para ele, percebe-se verdadeiramente o que é Bas Dost: um inútil Em equipas fracas os bons destacam-se muito. Os inúteis afundam-se. É assim tão simples. Um abraço.

  8. So mesmo 1 treinador como do sporting k nao percebe nada de futebol..texto bem escrito
    ….tava vendo jogo e disse sporting joga com menos 2 ..ainda por cima tira diab…com este treinador sporting numca sera campeao..toda bola k os medios tirando bruno feenandes jogam ou melhor sacrificam pr jogar pr trás..equipa k joga assim nunca sera campeão…nem aposta no jovens..pergunto porqk tirar o treinador filho de manuel Fernandes..ja o benfica aprendeu com o sporting ..aposta na prata da casa…este sporting tem bons jogadores ms nao tem treinador..triste.triste

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*