Onde Tudo Começa – Lição de Ferro

“Gastem dinheiro com os defesas, sobretudo com os centrais! (…) Pode parecer paradoxal, uma equipa com um futebol ofensivo, de posse, de muitos golos e tem que investir em defesas? Claro, é onde tudo começa.”

Pep Guardiola

Num dos meus textos mais recentes, referia-me à importância da construção no definir de cada momento ofensivo. Porque é ali que se começa a definir a toada de cada momento ofensivo emerge a importância de ter os melhores atrás para que se criem os desequilíbrios necessários para chegar à baliza adversária, sobretudo em equipas como a de Lage que procuram ser dominadoras. Pode parecer paradoxal, mas é onde tudo começa e são os centrais que mais tempo a bola durante o jogo.

Quando se começa a construir bem, as possibilidades de chegar à baliza adversária aumentam significativamente. É, portanto, fundamental ter centrais que desequilibrem desde trás. Se há espaço para conduzir, há que conduzir até fixar um adversário e se crie espaço para um colega. Se há possibilidade de colocar o passe vertical e eliminar vários adversários, então que se arrisque porque dar protagonismo aos centrais é acreditar que eles são capazes de fazer mais do que um passe para o lado. Não lhes retirem protagonismo porque mais do que também fazerem parte do jogo, é ali que se começa a definir o sucesso / insucesso do ataque organizado.

Num jogo que estava difícil para o Benfica criar, o golo que deu inicio ao apuramento encarnado para os Quartos da Liga Europa demonstra-nos a importância que um central pode ter no jogo ofensivo da sua equipa. Uma lição de Ferro que, com espaço conduziu até atrair e provocar médios adversários para no timing certo, soltar nas suas costas e permitir o inicio da reviravolta benfiquista na eliminatória.

P.S: Mais um grande jogo de Ferro. Mais do que destruir, o central português tem demonstrado uma capacidade incrível para construir em ataque posicional. Numa altura em que se fala de crise de centrais portugueses, Ferro e Rúben Dias aparecem como os senhores que se seguem.

Sobre Pirlo 61 artigos
Apaixonado pelo jogo e pela análise. É o pormenor que me move na procura do conhecimento. Da análise ao jogo, passando pelo treino, o Futebol é a minha grande paixão.

3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*