A “Epopeia” do Ajax – Capítulo I

4231 com: Onana; Mazraoui, De Jong, Blind e Tagliafico; Schone e Eiting; Ziyech, Neres e Tadic; Huntelaar
Estatísticas individuais
Saída em Construção : Médio Centro (Eiting) baixa porque adversário se organiza com 2 Avançados (Garantir superioridade numérica – 3×2); Schone entre médios e Avançados; 4 da frente por dentro; 2 laterais por fora mas projectados nas costas dos médios do AEK
Tadic à esquerda, Neres como 10 e Ziyech à direita; Huntelaar com movimentos de ruptura; Corredores laterais para Mazraoui à direita e Tagliafico à esquerda
A entrada para zonas de criação, com o losango que se forma entre os 4 da frente
Saída habitual com movimento de um dos médios para dar superioridade na saída
Chegada ao último terço em Organização Ofensiva: Rede para preparar Transição Defensiva – Lateral Lado oposto (Tagliafico) move-se para dentro; Médios centro em cobertura.
Organização defensiva descurada – Organização base no 4x2x3x1, com preocupações sobretudo sobre o homem e não no fechar de Espaços
Alas defendem laterais – Não fecham espaço e obrigam médios a sair aos corredores laterais sempre que necessário. Vale uma grande agressividade defensiva e capacidade para comer metros de todos para chegar rápido aos adversários
Agressividade + Atitude Competitiva + Vencer Duelos. A chave defensiva do Ajax.

15 Remates / 6 na Baliza
63% Posse de Bola
647 Passes / 565 Certos
58% Dribles
46 Duelos / 27 Ganhos

MELHOR EM CAMPO:
Ziyech
– 2 Remates na Baliza
– 43 Passes (74 %)
– 1 Passe Chave
– 8 Dribles

GOLOS:
– Tagliafico (Bola Parada)
– Van Den Beek (Transição Ofensiva)
– Tagliafico (Organização Ofensiva)

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3543 artigos
Pedro Bouças - Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã" da PrimeBooks. Analista de futebol na TV e no Jornal Record.

3 Comentários

  1. Keizer é muito mais treinador que o Ten Hag, o tempo vai mostrar isso mesmo, para mim o Keizer é o melhor treinador do Mundo, já sabia que ia ter dificuldades na 1ªépoca pelo Sporting, como teve Guardiola no City, porque estrangeiros com modelo de posse tem que se adaptar a Ligas mais táticas como a nossa, a inglesa ou italiana.

    Mas vejam o quão diferente está o Sporting após 6 meses, muito mais forte em todos os momentos de jogo, muito mais organizado na perda, com os setores mais juntos, não é por acaso que já vamos em 10 vitórias seguidas.

    Não acho que o problema principal estivesse no plantel, que é bom, mas não excepcional, mas sim no tempo que Keizer precisou para se adaptar a nossa Liga, se a Liga começasse agora não tenho dúvidas que o Sporting seria campeão e podia ganhar a Liga Europa.

    A próxima época promete, com Keizer já adaptado o Sporting vai ser fortíssimo, o plantel ainda vai ser melhorado, Guardiola no 2º ano no City bateu o recorde de pontos e golos da premier league.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*