Perdidos

Foi “feia” a prestação do Sporting na recepção ao Famalicão – Depois de uma primeira parte em que o líder do campeonato errou sucessivamente na sua rota ofensiva, não encontrando o(s) homem(s) livre(s) (tantas vezes os laterais) e procurando Extremos em situação de 1×1, a segunda parte ficou marcada pela melhor tomada de decisão dos centrais do Famalicão, e a partir daí cada ataque seguiu até ao último terço com aparente facilidade.

Muito má a organização colectiva leonina!

Equipa não pode estar posicionada (a sua primeira linha de 3 ofensiva – Bolasie, Wendel e Vietto ou Jovane) à saída da grande área adversária se não tem condições para “apertar” os adversários directos e impedi-los de receber sozinhos!

Porque se permite esse espaço, rapidamente ficará ultrapassada! Se é para estar muito subido com espaços largos entre jogadores, tem de ser em igualdade numérica! Apertar pelas costas adversários para forçar ao erro. Se não há forçar ao erro – OBRIGATÓRIO estar mais junto para impedir entrada da bola nas costas das diferentes linhas.

E o Sporting estendeu a equipa (muitos metros entre diferentes linhas) e não pressionou – logo – MUITO ESPAÇO para o Famalicão ir ligando o jogo.

Tudo o que aconteceu posteriormente – Assumir a toada do jogo (mesmo em igualdade no marcador) e vitória famalicense, foi algo completamente normal em função das incidências da partida.


MAIS CONTEÚDOS EXCLUSIVOS  na página de patronos deste projecto. Recordamos que 1 dollar mês será desde logo uma grande ajuda, e suficiente para poder ver tudo o que é por nós produzido

“Pizzi – Amar / Odiar (aqui)”
“O detalhe que se paga na Champions (aqui)”
“RDT – Jota (aqui)”
“Identidade FC Porto (aqui)”
“Yannick Bolasie (aqui)”

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3682 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*