Raheem Sterling – O definidor

Todos os anos assistimos à “explosão” de alguns jogadores sob o comando de Pep Guardiola. Jogadores potenciados pela ideia, e que depois lhe acrescentam um cunho pessoal que a favorece.

Na presente época, a dinamitar a Premier League, mas também chamado (por necessidade) à acção na Liga dos Campeões, Raheem Sterling é a figura em destaque.

O inglês está a um nível absurdo porque tem hoje um aproveitamento muito alto na definição do que sempre foi capaz de criar. A percentagem de acerto é invulgarmente boa em jogadores com tal perfil – Jogadores que aceleram, desequilibram – Poucas perdas; percentagem de passe várias vezes acima dos 90%! (E passes de criação!); E ainda notoriedade em forma de Golo e / ou Assistência.


“The pass to Phil Foden was perfect. Commit, make a good decision, using the movement of Riyad Mahrez as well. It was good. But I still think Sterling has a gap to improve and be even more clinical.

Pep Guardiola

Aproveitar ainda mais vezes o que cria fará de Sterling o número um entre todos os que pisam o corredor lateral.


MAIS CONTEÚDOS EXCLUSIVOS  na página de patronos deste projecto. Recordamos que 1 dollar mês será desde logo uma grande ajuda, e suficiente para poder ver tudo o que é por nós produzido

“Pormenor Vietto (aqui)”
“A rota alternativa de Ataque – Carlos Vinícius (aqui)”

Já à venda (aqui)
Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3647 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

3 Comentários

    • O Nuno escreve muito bem, mas é claramente um caso em que a forma é muito melhor do que o conteúdo. Se bem me lembro, era ele que fazia do Farnerud um jogador ímpar no campeonato nacional…

      • Independentemente do resto (e mesmo sendo um pouco off-topic) não posso deixar de referir que o Farnerud era mesmo um bom jogador, cujo jogo era recheado de acções positivas, sendo certo que um sem número de energúmenos o transformou num flop, passando a haver pessoas que nunca o viram jogar ou que não entendem nada do jogo, a gozar com ele só “porque sim”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*