Ajax – Investimento, Talento e… Van de Beek

Quatro golos em cada um dos últimos quatro jogos. Feyenoord, Zwole, Chelsea em Londres, e Utrecht, assim se apresentou o Ajax em Novembro.

O final da temporada transacta, depois de uma enorme Liga dos Campeões trazia dúvidas sobre o que viria. Uma possível razia poderia desfigurar um apaixonante Ajax, cheio de talento. Talento expresso em: Qualidade Técnica, Capacidade para Tomar Decisões, e Capacidades Físicas. Curiosidade – A prospecção da equipa Holandesa rege-se por 4 grandes Factores que devem estar presentes nos jogadores que recruta – TÉCNICA – INTELIGÊNCIA – PERSONALIDADE – VELOCIDADE.

Daley Blind (16 Milhões – 29 anos), Lisandro Martinez (7 Milhões – 21 anos), Tagliafico (6M – 27 anos), Tadic (12M – 30 anos), Quincy Promes (18M – 27 anos), David Neres (12M – 22 anos), Zyech (11M – 26 anos), Alvarez (15M – 22 anos) e Marin (12,5 – 23 anos) são 9 dos habituais utilizados em quem o Ajax investiu (109.5 MILHÕES DE EUROS) para formar um misto com o muito talento que produz.

Depois da partida de De Jong e De Ligt, Van den Beek (22 anos) é a grande atração da equipa. Mas a chegar da formação está também o central Schuurs (19 anos), e sobretudo o adolescente Gravenberch (17 anos).

É falsa portanto, a propaganda de um Ajax Europeu nascido e criado apenas pelos jogadores que forma. Como qualquer clube da periferia Europeia – Esqueçamos as Ligas Italiana, Espanhola, Alemã, Inglesa e até a Francesa, o sucesso chegará sempre da simbiose FORMAÇÃO – PROSPECÇÃO (Capacidade de Investimento).

E se pretendemos alguma comparação com o que se faz em Portugal – É na prospecção / investimento que os clubes nacionais falharam nos últimos 5/6 anos. Não na sua formação.

Mas ser competitivo a um nível superior, obrigará sempre também a uma retenção, mesmo que não por demasiado tempo – porque essa, também considero errada, por tapar o caminho e ascensção de outros jovens promissores – dos melhores talentos.

Se De Ligt foi a excepção por sair logo com 20 anos (embora já com vários anos de primeira equipa), De Jong só saiu com 22, e o incrível Van de Beek não sairá antes dos 23. Se quiser comparar com o caso Benfica, significaria por exemplo que João Felix faria 5 anos na primeira equipa dos encarnados, e Florentino outros 5.

Eis Van de Beek em Stanford Bridge – Na Liga Holandesa, e a caminho dos 23 anos joga um dos melhores médios do futebol mundial:


Por 1€ mês pode ter acesso a conteúdos exclusivos bem como a videos de todos os jogos e jogadores do mundo – Registo na nossa página de patronos (aqui)

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3704 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

2 Comentários

  1. Certamente! Contratações horríveis (tirando uma mão cheia de excepções) nos três estarolas nos últimos anos. Muito fraco mesmo.

  2. Viva Pedro!!
    Não podia estar mais de acordo contigo.
    Acho que o Benfica (na minha opinião é quem se aproxima mais mais desta política), não está tão longe dum projeto assim, desde que se retenha valor.
    Veja se o RDT 20M, Vinícius 17M, Rafa 16M, Gabriel 9M, Morato 7M.. juntamente com o Florentino, o Rúben, o Félix, os Tavares..
    Acho que é preciso dar tempo.
    O Ajax não começou o ano passado, como referiste e bem, o de light já jogava na equipa desde os 17. Tudo leva o seu tempo..
    Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*