Bruno Fernandes – Do gesto à decisão

Apesar da incrível notoriedade e a forma evidente como carrega o Sporting nos seus melhores resultados com um número abismal de golos e assistências, quem sabe por sentir que toda a responsabilidade de conseguir algo para a sua equipa recai sobre si, Bruno Fernandes tem demasiados jogos em que soma mais perdas e mais erros do que aquilo que é normal num jogador com o seu potencial.

O peso excessivo que tem no colectivo leva-o a um jogo de permanente risco, numa espécie de sentimento de “se não for eu, quem será?”, que por vezes lhe retira o melhor descernimento.

Nos Açores e perante o Santa Clara, Bruno realizou uma das suas melhores exibições na temporada. À excepção dos jogos por Portugal (o que indícia algo relativamente ao peso da responsabilidade), foi o jogo em que menos passes errou (Apenas 16% dos passes se perderam) e menos bolas perdeu (oito). E tudo isto mantendo uma característica determinante no seu jogo – Ser ofensivo e Arriscar. Desta feita com um descernimento quase perfeito que o levou às melhores decisões.

Posicionamento em Organização Defensiva – Alterna entre o “10” e o espaço do Avançado – Sendo referência para receber em Transição Ofensiva

Logo nos seus primeiros tempos de Sporting, Silas referiu que não poderia haver salvadores e figuras únicas. E se tal estatuto por um lado valorizou e valoriza Bruno Fernandes, a sua integração numa equipa que lhe permita ser mais cerebral e menos emotivo trará o “bocadinho” em falta para o topo do futebol Europeu.

Ninguém bate assim na bola, Bruno!


Por 1€ mês pode ter acesso a conteúdos exclusivos bem como a videos de todos os jogos e jogadores do mundo – Registo na nossa página de patronos (aqui)


Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3760 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*