A mota da Transição – Renato Sanches

Em França Renato tem encontrado um espaço que lhe tem permitido recuperar níveis de confiança tão determinantes para a sua própria performance.

Inserido num modelo que porque mesmo que pretenda controlo em Organização Ofensiva, tem erro e proporciona um jogo com vários momentos propícios a acelerar, Renato tem aumentado a sua preponderância na equipa a cada jogo que passa.

Depois da eleito como melhor jogador do mês no Lille, continua a demonstrar que argumentos tem e como podem ser utilizados.

A velocidade com que sai ou em condução, ou em desmarcação para receber na frente em situação de Contra Ataque tornam Renato Sanches um jogador capaz de um impacto importantíssimo em todo o modelo da sua equipa.

O médio que Fernando Santos já confessou esperar ver manter o nível para voltar às grandes competições europeias de selecções, voltou a fazer um golo na Liga francesa, bem ao estilo que tanto o caracteriza.

Contra Ataque – Agilidade, Drible e Engano.

2 Comentários

Responder a Bernardo Felix Jota Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*