O que correu mal na Bola Parada defensiva do Benfica em Portimão?

No empate 2-2 do Benfica em Portimão, ambos os golos do Portimonense foram criados através de lances de bola parada (um canto e um livre quase junto à bandeirola). O Benfica posicionou-se na sua habitual defesa zonal, no entanto o Portimonense ganhou vantagem nas zonas mais perigosas da área com relativa facilidade. A defesa do Benfica não se ajustou ao posicionamento inicial dos algarvios, que sobrecarregaram a zona do segundo poste e tiveram até, em ambos os lances, igualdade ou superioridade numérica no coração da área encarnada.

O que permitiu esta vantagem? O que poderia ter sido alterado neste caso? Algumas ideias e comentários (ligue o som) neste vídeo:

Avatar
Sobre RobertPires 7 artigos
Rodrigo Carvalho. 23 anos, experiência como treinador adjunto e analista em equipas séniores em Portugal e nos Estados Unidos. Passou pela Federação de Futebol dos Estados Unidos no departamento de Formação de Treinadores. Em colaboração com a Proscout, trabalhou diretamente com equipas técnicas profissionais e produziu relatórios de jogadores. Podem seguir muito do seu trabalho em @rodrigoccc97 no Twitter.

3 Comentários

  1. Para quem não está muito por dentro destes temas é difícil enquadrar um post destes. É notório que há falhas na zona, mas alguns erros parecem-me também individuais. O Pizzi por desleixo/desconcentração e o Ferro por falta de qualquer coisa. É incompreensível como o Ferro consegue sempre saltar “por baixo” dos adversários. Sobre as opções colectivas, era preciso comparar com outros jogos para perceber como o Benfica defende o 2º poste. Será este o comportamento padrão? Se assim for não seria de esperar que outras equipas já tivessem explorado melhor estas falhas?

  2. Se é zona não tem necessariamente de jogar em função do adv supostamente! No entanto o comportamento de Pizzi é inanerravel é isso sim desportege a zona central e criando a inf. Númerica.
    Já sao pelo menos 4 golos sofridos de forma igual. Vejam os golos sofridos contra shaktar e braga precisamente na mesma zona explorando as dificuldades de ferro

  3. Não sendo essas discussão deixem-me fazer uma questão o que acham do Gr do Benfica é que ao contrário do que que se ouve eu não acho que seja GR de equipa grande muito show off dentro da baliza mas fraco em tudo o resto para mim o segundo golo se estivesse lá por exemplo Oblak aquele primeiro cabeceamento tinha acabado logo ali o perigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*