Não posso sair a jogar curto?

O Sporting C.P. sentiu imensas dificuldades na sua fase de construção diante da equipa d’Os Belenenses Futebol, SAD. O que fazer perante uma situação destas? Devemos desistir e bater sempre na frente? Que tipo de soluções devemos encontrar?  Vamos tentar encontrar algumas respostas com as imagens do jogo.

A equipa de Rúben Amorim iniciou o jogo da Jornada 28 com muitas dificuldades naquilo que são as suas saídas curtas através dos Centrais para fazerem posterior ligação ao meio-campo, sofrendo inclusive um golo, passando a estar em desvantagem muito cedo na partida.

Tivemos uma grande oportunidade de conseguir assistir a um excerto da preparação de uma equipa para abordar um momento específico do jogo do adversário, é verdade, foi possível assistir previamente, um dia antes do jogo, sim, um dia antes do jogo, pois esta reportagem foi publicada pela SIC Notícias na véspera do jogo, perto das 22H, onde podemos ver Petit reunido com a sua Equipa Técnica a explicar como iriam condicionar a fase de construção do Sporting C.P.

Seria bluff? O que pensou Rúben Amorim ao assistir a estas imagens? Isso teve impacto na estratégia do Sporting C.P.? Mudou algo? Na pior das hipóteses não tiveram conhecimento da mesma, o que me custa a crer numa era em que a informação navega à velocidade da luz… A meu ver, seria importante alguém ter perguntado ao Treinador se isso influenciou ou não a sua estratégia.

A verdade é que a estratégia de Petit teve sucesso, pelo menos em certa parte… Conseguiu propor uma abordagem aos seus jogadores que a executaram da melhor forma possível, condicionaram, ganharam a bola e marcaram… Ora bem, Petit planeou… executou… concretizou! Haverá felicidade maior para um Treinador, do que assistir à sua equipa a executar o que ele idealizou? Petit, como conhecedor do Futebol sabia que ao pressionar um jovem central como Quaresma, obrigando-o a errar, que isso poderia trazer consequências psico-emocionais ao longo do jogo para ele e foi mesmo por aí que decidiu arriscar. Quaresma podia ter dado uma boa resposta, no entanto, face a toda a pressão que foi sempre exercida sobre ele, não foi capaz de jogar da forma como se sente mais confortável e penso que foi visível a todos que não esteve ao nível dos últimos 3 jogos.

“É verdade que o Belenenses pressionou e até conseguiu marcar golo, mas o Max percebeu que se o adversário estava a pressionar na frente havia espaço nas costas”

Rúben Amorim (Conferência de Imprensa pós-jogo, 26/06/2020)

Foi mesmo assim Mister? Vamos tentar perceber como a equipa de Rúben Amorim tentou contrariar a pressão exercida pelos jogadores d’Os Belenenses Futebol, SAD… Houve algo que me chamou particularmente a atenção, que foi quando Wendel trocou com Matheus e o Sporting C.P. conseguiu a partir daí fazer uma melhor ligação com bola.

Follow
Follow
Zidane
Sobre Zidane 5 artigos
Treinador de Futebol (UEFA B). Licenciado em Educação Física. Mestre em Ciências do Desporto (Especialização em Alto Rendimento). Experiência como Treinador-Adjunto e Principal de escalões de Formação, assim como Analista, Preparador Físico e Treinador-Adjunto no Futebol Sénior em contextos como CD Tondela, FC Paços de Ferreira e Seleção Nacional de Moçambique, respectivamente.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*