Ruben Dias: o pormenor defensivo que encanta os ingleses

Desde a chegada de Ruben Dias ao Manchester City que os elogios não têm parado. Todas as semanas ouvimos treinadores, adeptos, jogadores, dirigente ou qualquer comentador a elogiar o jovem português, as suas exibições e o impacto que teve na defesa do City. Lembro-me ainda de assistir a um dos primeiros jogos do Ruben pelos cityzens e ouvir o comentador a referir o seu preço, que um jogador quase “desconhecido” tinha custado tanto dinheiro, mas quem seguiu a carreira deste jogador de perto, e desde tenra idade, sabia que o impacto podia ser grande. Numa defesa que vivia tempos conturbados e muito irregulares, Ruben Dias jogou desde o primeiro dia (quase literalmente, visto que jogou apenas uns dias depois de chegar a Inglaterra), e tem sido um verdadeiro patrão na defesa de Pep Guardiola. Após o jogo de ontem frente ao United, Pep Guardiola deixou grandes elogios ao central português: “Parabéns a todo o clube por esta contratação. Vai ser um jogador espetacular para os próximos anos.”

Sem o requinte técnico com bola de Laporte ou Stones, defensivamente Ruben tem sido exímio, e com menos erros de concentração/agressividade do que na última época no campeonato português. Comunica com os colegas, controla a linha defensiva, e mostra os tais pormenores defensivos que decidem jogos em todas as jogadas: colocação dos apoios, constantemente a procurar os adversários, preparado para subir ou descer a linha defensiva e ajusta a sua passada consoante a posição da bola e a pressão ao portador da bola. Percebe o jogo como muito poucos, e essa inteligência permite que, mesmo não sendo mais rápido que os seus adversários, ganhe segundos preciosos na luta pela bola. Ligue o som, e acompanhe este vídeo e os meus comentários à última exibição do central português, no derby de Manchester que carimbou a passagem do City para a final da taça da liga inglesa:

Os nossos Videos são criados com

Avatar
Sobre RobertPires 55 artigos
Rodrigo Carvalho. 23 anos, experiência como treinador adjunto e analista em equipas séniores em Portugal e nos Estados Unidos. Passou pela Federação de Futebol dos Estados Unidos no departamento de Formação de Treinadores. Em colaboração com a Proscout, trabalhou diretamente com equipas técnicas profissionais e produziu relatórios de jogadores. Podem seguir muito do seu trabalho em @rodrigoccc97 no Twitter.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*