Recital de Bernardo na goleada do City em Anfield

O Manchester City continua a ganhar pontos perante os seus rivais diretos e a distanciar-se cada vez mais rumo ao título (são já 5 pontos de avanço, com menos um jogo disputado). Aproveitando os erros do Liverpool e sendo quase sempre a melhor equipa, o City acabou por ir a Anfield ganhar por 4-1, num jogo muito rico e que proporcionou um belo espetáculo.

A subida de forma do City desde finais de Novembro tem coincidindo também com a aposta em alguns jogadores que não eram tão utilizados até então. John Stones ao lado de Ruben Dias, Phil Foden (que também brilhou ontem e de quem já falamos recentemente aqui) e o português Bernardo Silva, que parece ter regressado à melhor forma. No jogo frente ao Liverpool, Bernardo realizou uma daquelas exibições de encher o olho, das mais completas que um jogador pode ter ao mais alto nível. O craque português foi importantíssimo na estratégia do City para este jogo, e em diferentes momentos do mesmo: jogou mais recuado, quase como ala direito, no período de construção do City; em momentos juntou-se a Foden na frente para pressionar os dois centrais do Liverpool, e em organização defensiva recuou para junto de João Cancelo e teve um papel importantíssimo a controlar as investidas de Andy Robertson pelo flanco esquerdo dos Reds.

Bernardo no momento defensivo, onde fechou a meia-direita do 4-4-2 do City
Em construção, Bernardo descaiu para a ala, recuando bastante, enquanto Cancelo se juntava ao losango do meio-campo do 3-4-3 de Pep Guardiola

A exibição de Bernardo não fará parte do seu vídeo dos highlights, nem dos melhores dribles, golos ou passes chave (apesar de ter feito uma excelente assistência para Sterling). O que o português fez em Anfield foi uma exibição de um profissional que conhece o jogo como ninguém: sabe quando acelerar, quando pausar, quando pressionar, quando recuar. Ora joga ao primeiro toque para sair da pressão, ora dá 3 ou 4 toques para a atrair e depois aparecer no espaço nas suas costas. Excelente nas combinações com Mahrez e Cancelo, Bernardo liderou o City com e sem bola, mantendo um nível exibicional muito alto nos últimos jogos, onde torna o jogo simples, faz parecer tudo fácil e erra muito pouco, num jogo que até foi bem mais difícil do que aquilo que o resultado mostra. É tudo isto que podem ver no vídeo em baixo: uma exibição de excelência de (mais) um internacional português ao mais alto nível do futebol mundial:

Os nossos Videos são criados com

Sobre RobertPires 69 artigos
Rodrigo Carvalho. 23 anos, experiência como treinador adjunto e analista em equipas séniores em Portugal e nos Estados Unidos. Passou pela Federação de Futebol dos Estados Unidos no departamento de Formação de Treinadores. Em colaboração com a Proscout, trabalhou diretamente com equipas técnicas profissionais e produziu relatórios de jogadores. Podem seguir muito do seu trabalho em @rodrigoccc97 no Twitter.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*