Defender Bem para Transitar Melhor – O Crescimento do Rio Ave de Miguel Cardoso

São sinais de crescimento, aqueles evidenciados pelo Rio Ave desde o regresso de Miguel Cardoso aos Arcos. Após a última análise realizada por cá, a equipa vila-condense soma duas vitórias e um empate. A melhoria não se traduz só nos resultados, mas também na organização da equipa. Já existe um cunho pessoal de Miguel Cardoso, expressa na forma como a equipa ataca, mas sobretudo como se posiciona defensivamente. Em termos ofensivos, a equipa ainda carece de confiança, acumula alguns erros na sua construção, mas a intencionalidade do jogar já está bem patente na procura de uma construção apoiada, ligada, paciente e inteligente, que necessitará de tempo mas também de vitórias para que, exista confiança no que se faz.

Na deslocação ao Vitória, foi em organização defensiva que mais ficou demonstrado este crescimento. Se nos primeiros jogos, principalmente no Dragão, faltou algum trabalho de pormenor setorial e intersectorial como tínhamos referido, em Guimarães, o Rio Ave esteve exímio no seu momento defensivo devido a uma maior coordenação entre as duas linhas de 4 na relação entre médios, centrais e laterais. Este rigor defensivo não só anulou os pontos fortes do Vitória, nomeadamente o jogo exterior vimaranense já referido anteriormente por nós (https://www.lateralesquerdo.com/2021/01/23/__trashed/ ), como também, beneficiou a forma como a equipa saia para contra-ataque. As constantes superioridades numéricas nos corredores laterais, a entrada dos médios na linha defensiva para controlar cruzamento e defender largura e a saída por dentro em contra-ataque foram pontos-chave para a excelente vitória do Rio Ave no Castelo num jogo onde a equipa vila-condense até abdicou de pressionar a construção adversária.

Os nossos Videos são criados com

Avatar
Sobre Pirlo 94 artigos
Apaixonado pelo jogo e pela análise. É o pormenor que me move na procura do conhecimento. Da análise ao jogo, passando pelo treino, o Futebol é a minha grande paixão.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*