Sporting Total

Na estreia de uma das maiores promessas portuguesas e da formação leonina, o Sporting regressou às boas exibições com um maior controlo do jogo e com oportunidades suficientes para vencer por outros números. Se nas últimas semanas faltou maior qualidade e quantidade ao ataque leonino, hoje, a mudança em ataque posicional trouxe uma maior qualidade à equipa de Rúben Amorim e também, maior chegada à baliza adversária.

  • Posicionamento diferente em zonas de criação com Pote junto de Tiago Tomás (alternavam muito bem entre apoio e rutura e juntos realizaram mais uma grande exibição) e João Mário com Bragança (que baixavam para tirar referências aos centrais do Vitória) a jogar nas costas dos médios adversários promoveram bastantes combinações em zonas interiores
  • A mudança não só surgiu no Ataque Posicional leonino, mas também no Vitória que se posicionou num 5x2x3 em organização defensiva onde teve dificuldades em pressionar (e manter a bola pressionada), sobretudo ao longo da primeira-parte
  • Maior qualidade, também, em zonas de construção com Inácio em grande destaque (Que qualidade incrível com bola! Seja a ligar por dentro, mas também a variar longo para o corredor contrário) mas também coletiva pela forma como o Sporting foi conseguindo encontrar soluções para bater pressão e chegar a zonas de criação
  • Qualidade incrível em posse, mas também em Transição Defensiva. Exibição monstruosa de Palhinha (inúmeras recuperações neste momento) e dos três centrais, mas também grande capacidade coletiva para reagir pós-perda e recuperar rápido a bola
  • Segunda-Parte mais tranquila da equipa leonina, com menos oportunidades de golo mas a manter o jogo sempre controlado. Nota final, uma vez mais, para a excelência defensiva da equipa leonina que, mesmo mudando alguns jogadores do setor recuado (o que poderia ter um enorme impacto), manteve o rigor defensivo.

Uma vez mais, Ruben Amorim a demonstrar a variabilidade do seu modelo, expressa nas diferentes nuances que o seu modelo contempla. Sporting continuará a mudar em função dos constrangimentos de cada adversário, seja na forma como constrói, mas também como cria e continuará, ainda, a rentabilizar as características de cada jogador pela forma como cada posicionamento procura tirar o máximo de rendimento de cada um.

Sobre Pirlo 103 artigos
Apaixonado pelo jogo e pela análise. É o pormenor que me move na procura do conhecimento. Da análise ao jogo, passando pelo treino, o Futebol é a minha grande paixão.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*