Ninguém te consegue parar, Luis – Pormenores do melhor da Liga

Se o Porto passou por sérias dificuldades na Amoreira, ter um jogador do calibre e com o rendimento atual de Luis Díaz torna tudo possível. O colombiano é neste momento o melhor jogador do campeonato português, apresentando um nível e um manancial de recursos técnicos, táticos e físicos na posição de extremo que o colocam num nível à parte do nosso campeonato e não surpreende de todo que o Liverpool queira garantir o seu concurso para suprir a falta que Mané e Salah vão fazer durante as próximas semanas.

Decisivo nos três golos que permitiram a remontada aos Dragões, Luis Díaz voltou a demonstrar que conjuga as características que parecem saídas diretamente do futebol de rua (super imprevisível nas ações de finta/drible/simulação, com uma agilidade e “ginga” que lhe permitem desmontar qualquer adversário em espaços curtos) a um conhecimento do jogo crescente (cada vez mais sagaz nas tomadas de decisão sem bola no sentido de entender os espaços para receber no pé ou ir em rotura; na tomada de decisão entre acelerar e pausar) e uns atributos físicos igualmente fora do formal (grande capacidade de aceleração que depois é potenciada pela passada larga que consegue imprimir na condução) que lhe permitem alimentar o jogo ofensivo do Porto seja na criação ou finalização (cada vez tem mais números).

Se para os adversários dos Dragões tem sido um quebra-cabeças (já é quase suicídio deixar alas e laterais saltar nele sem uma cobertura próxima), para nós tem sido um regalo.


Rating: 5 out of 5.

Sobre Juan Román Riquelme 91 artigos
Analista de performance em contexto de formação e de seniores. Fanático pela sinergia: análise - treino - jogo. Contacto: riquelme.lateralesquerdo@gmail.com

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*