Entrada de Carlos Martins em campo estraga post divertidíssimo

white corner field line on artificial green grass of soccer field

A ideia era lembrar, que até os seis a zero de Quique Flores ao Maritimo, Jorge Jesus havia batido.

As substituições não o permitiram. Martins, mesmo num jogo de onze contra nove, falhou mais passes que os que acertou. O homem até o Cardozo quer servir na profundidade. Fantástico, não?

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2359 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

23 comentários em Entrada de Carlos Martins em campo estraga post divertidíssimo

  1. Não tenho dúvida de que vá aumentar a qualidade do Porto. Aumenta a creatividade no meio campo. É jovem e português. Parece-me uma excelente contratação.

    Mas, para mim, o principal problema do Porto sao os 3 da frente. São todos uns trapalhões de qualidade duvidosa (Seja Rodriguez, Varela, Falcao, Mariano, Farias ou Hulk). Muito espantado ficaria se uma equipa a formar um ataque a 3, com esses jogadores se sagrasse campeã.

    P.S. – O Micael, ainda que tenha valor para ser titular no FC Porto, não o seria nem no Benfica, nem no Sporting.

  2. Danke. Esperemos que nao de porcaria. Estou a pensar se nao sera altura de tocar a reunir. Cheira-me que, a 6 de distancia, comecou a guerra. Os porcos do Braga é que nao hà maneira de perderem. Chiça!

    Obrigado e cumprimentos.

  3. o martins é, de facto, um grão de areia na engrenagem do Jesus…

    é gajo util, sem dúvida…mas senhores,quem vê o onze a jogar com e sem o gajo…desanima apos a substituiçao.

    saudaçoes benfiquistas

  4. ruben nao seria titular no sporting, piada do dia!!!

    avançados do porto são todos trapalhões piada do século!

    falcao leva 14 golos na época de estreia, mas coitado é 1 trapalhão!

    rodriguez no ano passado brilhou em campos como old trafford mas coitado é trapalhão.

    varela sem ser titular absoluto leva meia dúzia de golos e assistências. raios partam o trapalhão!

  5. Sim. Izmailov e Moutinho são ambos bastante melhores que o Ruben.

    Um trapalhão é um tipo que a cada vez que tem de receber a bola, tem de a ir buscar 2metros à frente. Não reves nenhum dos avançados do Porto na descrição? Então, estás completamente louco…

  6. individuos que não percebem nada de bola como um tal de luís freitas lobo, considera falcao um especialista na recepção orientada mas quem é ele para dizer isso não é?
    enfim mais um ataque cerrado ao porto, como é habitual.

  7. PB, achas q o jesualdo ferreira um bom treinador para uma equipa estrageira? Tem esse estofo? Falcao é bom mas nao é tao bom como o lisandro e isso ve-se..

    A.

  8. Nao vale a pena, PB. Estao todos acima da critica. Sao todos optimos, maravilhosos, fantasticos os que jogam no FC Porto. Curiosamente, este ano estao a 6 do Benfica e do sempre poderoso Braga. Justificacao? Centralismo, roubos de catedral e malabarismos do género, como aquele de dedicar campeonatos e tecer loas a um labrego incendiario conhecido como Zé do Boné, que estes parolos veneram como trogloditas que sao. Se o Luis Freitas Lobo tivesse dito mal do Falcao ou de outro jogador do Porto, era um merdas. Como falou em "recepçao orientada", um conceito que tera pedido emprestado ao Manuel Machado, concerteza, ja é o maior. Nao ha paciencia. E atirar-lhes uns amendoins, que eles calam-se.

  9. Fica aqui um post deste mesmo blog sobre Falcao:

    terça-feira, 6 de Outubro de 2009
    Mais e Menos da Semana

    MAIS

    Falcao

    Três golos decisivos, numa só semana. Quem finaliza com tanta mestria, especialmente no jogo aéreo está sempre bastante próximo de ter sucesso na Liga Portuguesa. O colombiano movimenta-se com critério (não só na grande área), e é uma das revelações da Liga (para quem não o conhecia. claro).

    PS: Já agora, quem aceitou abordar o tema FCP neste post foste tu PB ao comentares a contratação do Ruben Micael.

  10. gosto muito do Falcao, creio que é um excelente finalizador dentro de area e nao complica fora dela. Gosto mais dele do que do Cardozo que mesmo assim está bem melhor na fase de construção do que era há uns tempos atras.

    O resto é um desastre o Varela tem estado melhor que os outros, mas mesmo assim tudo isto é insuficiente para um Porto campeão.

  11. Tenho que concordar que o Martins falhou muitos passes, e a jogar com 2 a mais aquilo ontem era para chegar aos dez!

    Mas divertido foi o post do BNRb:
    "só 5! meu rico quique flores", hahahahahaha

    ps.- obviamente que o ruben (mas afinal há petróleo no centro de estágio da câmara municipal de gaia? Mas afinal o plantel precisa de ser reforçado?) não tinha lugar no Benfica, e os 3 da frente muito menos! Mas o falcão na equipa de andebol era capaz de dar jeito…

  12. O Luis Freitas Lobo é um tipo com demasiados canais de TV cabo desportivos e um bocadinho obcecado com o FM.

    O Micael no Benfica alternava com o Aimar, o que seria uma óptima alternativa ao Carlos.

    No Sporting podia fazer meio campo com o Veloso, Moutinho e Izmailov em losango.

  13. 'P.S. – O Micael, ainda que tenha valor para ser titular no FC Porto, não o seria nem no Benfica, nem no Sporting.'

    Aqui não concordo PB.

    O Micael parece-me mais jogador que o Moutinho por exemplo, é que o Moutinho anda perdido em campo, um jogador que corre 20 metros com a bola, pra depois dar a um colega que está a 1 metro dele… que corre corre corre, mas não sabe pra onde… ou está desorientado ou é + um overrated jogador.

    venis

  14. aceitar aquele post do JAS cheio de insultos só estraga o blog.

    considero o jesualdo capaz de orientar 1 equipa do meio da tabela em itália ou espanha. nunca uma equipa de topo.

  15. Já que se fala de Jesualdo, pois abri os comentários após ver 19!!! comentários ao Carlos Martins e só um ou dois falarem mesmo dele, digo que não gosto dele, para mim está bem no Porto, e graças a Deus que não faz parte, já, do meu Benfica, e que provavelmente nunca mais lá calça. O homem parece que perdeu noção da vida, do passado, onde se fez homem. Ainda bem para nós. Agora, ele nem para treinador de um grande em Portugal, quanto mais de uma liga maior… Esta conversa, e falo sem conhecimento de causa, da causa dos treinadores, o treino, faz-me lembrar a atitude perante o poker, que até eu às vezes tenho, ou seja, como não tenho «pastel» tenho que jogar nos limites mais baixos, onde joga quem não tem dinheiro e não valoriza o que lhes é dado em oportunidades de jogo gratuitas. Basicamente é uma selva. Só que por vezes acho que eu seria muito melhor jogador se tivesse mais dinheiro, que me permitisse jogar em níveis onde não passe nessa selva. Só que outras vezes penso que para estar mais acima tenho que o merecer. Ou seja, isto tudo para referir o que acho do que aqui é dito, às vezes, do Jesualdo, e recentemente, do Carvalhal. Jesualdo no Benfica mostrou… Zero. Foi adjunto do Toni. Antes do Benfica Jesualdo mostrou… Zero, pouco mais do que isso. Dou a mão à palmatória por trabalho passado do Carvalhal, Leixões e duas passagens por Setúbal, com uma Taça da Liga, mas e o resto? Aliás, até Jesus aqui entrava, mas penso no Braga, Belenenses, Guimarães, etc. e penso se já mereceram estar nos grandes. Jesualdo chegou a um grande como adjunto, no tempo de carregar pinos e ir buscar tabaco. Carvalhal uma segunda hipótese, mesmo Jesus acredito que tenha sido mais a imprensa a fazer o lugar que o Benfica…
    Em que ficamos? Ficamos que Jesualdo beneficiou do que havia de Adrianse, como agora parece ser o caso de Domingos, e bem, ambos, que Bento beneficiou do que havia de Peseiro, idem, até desbaratar tudo. Que Jesus só aproveita homens, não aproveita nada, que Carvalhal, no meio do marasmo foi uma das poucas chicotadas que vi a funcionarem, e ainda está para se ver se por força das circunstâncias ou do valor dele com o plantel, e que Jesualdo, assim que acabou a «mama», ou seja, assim que deixou de ser ele o beneficiado pelas arbitragens já passou a falar, com autorização do patrão, claro. Se só perderam 2 jogadores de referência, com boas aquisições para o lugar de ambos, pelo menos à dimensão da liga que temos, Belushi e Falcao, que dizer da pobreza fransciscana que lá vai no Porto? Não é papel do treinador? O Belushi é bom ou não? Não precisavam de reforços e vão ao mercado? É para se entreterem a dizer que desviaram mais um do Benfica ou do Sporting? O Ruben pode ajudar, não duvido, mas o papel do treinador é preponderante, não?

    Isto já vai longo… Para mim Jesualdo ao longe, e nem mesmo os azuis gostam dele, Carvalhal terá que mostrar, e não será só agora, com a «tusa de mijo» inicial, desculpem a expressão, e mesmo Jesus, ao fim e ao cabo só tem uma Intertoto para mostrar. Já perdeu a hipótese Taça de Portugal, a Taça da Liga está pobrezinha, o campeonato é para agarrar com unhas e dentes.

    Bom, desculpem a maçada!

    Prometo ser muito mais sucinto no meu blog de poker http://HoldUs.blogspot.com ou no meu de «notícias» desportivas, de humor, http://Bimbosfera.blogspot.com.

    Abraço a todos.

    Márcio Guerra

  16. eu por acaso nao vejo ele a jogar numa equipa da europa mas eu nao percebo nada d futebol, uma equipa "pequena" de espanha, talvez, mais do q isso nao acho.. um treinador q me desiludiu mt foi o quiqui, nao achas q ele so sabe uma tactica?

    A.

  17. oh Master, o blog está todo estragado, sp q n concordas c algo. Mm q seja po dificuldades de interpretação… mas mm assim continuas cá. Estranho, n?

    Repara, isto é algo totalmente amador e sem qq valor, pq te preocupas tanto?

  18. o JAS classificou muitissimo bem o Pedroto "pacovio incendiário". Eu sei que o objectivo do blogue não é discutir estes temas mas já que foi puxado, aproveito para dizer que em Portugal se tecem os mais elogiosos comentários a um modelo de gestão que se baseou na desautorização do estado, fomento da violência e guerras sectoriais. Nem sequer falo dos factos mais obscuros da história "recente" do futebol clube do Porto. O nosso brilhante sistema judicial e desportivo fez com que saissem absolvidos de um processo que era vital nao so para o futebol como para o País, portanto isto nem sequer conta como argumento.

    Alicerçar uma estratégia no odio e na crença de um "povo mais forte" só em Portugal com as suas indiossicracias é que se poderia tornar numa cultura vencedora. Bah…Cultura medieval masje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*