A cara daquele meio campo

Atletico's Oliver Torres, pats his team shirt emblem after scoring the 3rd goal of the game during the Champions League group C soccer match between Atletico Madrid and Astana at the Vicente Calderon stadium in Madrid, Wednesday, Oct. 21, 2015. (AP Photo/Francisco Seco) Spain Soccer Champions League

Parece próximo o regresso do genial Óliver ao FC Porto.

Não é somente a sua incrível qualidade mas também a muita necessidade por quem faça diferente e para melhor na sua criação que faz a possível transação ganhar importância.

Depois de na época transacta se perceber pouca criatividade na ligação de fases, pouca vontade ou qualidade para jogar por dentro entre linhas adversárias urge a chegada de um médio com o perfil técnico e de decisão de Óliver. O espanhol sabe sempre o momento de conduzir ou procurar o passe vertical. Percebe o momento de iniciar o ataque rápido ou segurar e iniciar a organização. Cria e desequilibra só ligando fases e momentos.

Em cima de toda a qualidade a certeza que no FC Porto não há quem sequer se aproxime.

Óliver poderá ser a chave que Nuno precisa para fazer crescer o Porto.

Marco Van Basten
Sobre Marco Van Basten 85 artigos
Licenciado em Desporto, treinador Uefa Pro pela FA. Desde cedo partiu para terras de sua majestade. Experiência como professor e treinador numa Academia no Reino Unido.

9 comentários em A cara daquele meio campo

  1. Se Brahimi ficar não sei o que o Nuno vai fazer a tanta qualidade. Corona, Brahimi, Otavio, Oliver, Bueno, Ruben Neves. Isto pode ser bom!

    • Em resposta ao José Moreira, a classe por si só não ganha jogos muito menos campeonatos. Esse meio campo em termos defensivos seria pouco eficiente. Danilo Pereira é e tem de ser titular de caras nesta equipa do Porto.
      O Rúben é um jogador com imenso potencial, porém ao nível do desarme e das coberturas defensivas ainda está uns furos abaixo do Danilo, relembrando que neste sistema tático de 4x3x3 a posição mais importante é a posição 6.

  2. Van Basten,

    Jorge Simão é bom treinador? Para o caso de o conheceres / teres opinião sobre ele, achas que o mítico Chaves poderá lutar por lugares europeus? Maravilha, lembras-te do Seba, Carlos Álvarez e do Sabou? Os seus espíritos (bem como o de Carlos Carvalhal, tb jogou no Chaves) regressarão em 2016 mas muito muito melhor, com Simon Vukcevic. Um Super Sayan nos magníficos Trás-os-Montes. Muito bom.

    Perdões pelo off-topic. Mas o Jorge Simão é um bom treinador?

  3. Oliver teve azar de ter calhado numa equipa em que há espaço apenas para um artista (Griezman) e dez guerreiros. Nas mãos de Guardiola poderia chegar ao nível dos melhores…
    Entretanto, recomendo que vejam um filme sobre o Messi (Messi, The Movie) que aborda várias temáticas aqui do blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*