“MarsBet”

Futebol moderno. A progressão que já não é só individual.

É uma das maiores perdas na beleza do jogo. O desaparecimento dos tradicionais número 10. Aqueles que baixavam, recebiam do central e progrediam ultrapassando adversários. Aqueles que no individual ligavam ofensivamente o jogo das suas equipas. Da construção à criação, e tantas vezes na criação a ligarem com a finalização.

Um desgaste imenso porque as equipas concentravam em tal figura todo um processo ofensivo. Apenas compensado pela menor responsabilidade defensiva que lhes era dada, para que pudessem continuar fisicamente aptos a assumir, tantas vezes sós, a despesa de todo um ataque.

A figura foi caindo fruto de uma evolução própria do futebol. Cada vez menos se partem os jogadores por funções específicas, e todos têm de participar activamente em todos os momentos e fases. Defensivamente evoluiu bastante o jogo, e também ofensivamente são hoje dadas outras respostas.

Onde antes, demasiadas vezes se via o portador à procura de desbloquear situações para servir os colegas, hoje vê-se quem rodeia o portador a ser quem assume a iniciativa para desbloquear o jogo com os seus movimentos. Onde antes, um procurava ajudar dez. Hoje, dez procuram ajudar um.

Perdeu romantismo e perdeu beleza. Todavia, é inegável que as melhores equipas têm hoje toda a gente a movimentar-se para garantir sempre opções ao portador. Opções que têm de continuar a ser dadas, mesmo que em espaços diferentes a cada troca de bola. A progressão que hoje não é feita unicamente com a categoria do portador mas também com a movimentação de toda a equipa.

O modelo ofensivo das equipa de Jorge Jesus é um dos que mais gente envolve sempre na zona da bola. Um dos que “obriga” a uma movimentação constante para que o portador nunca fique entregue a si. Também por isso, as suas equipas estão sempre no topo, no que diz respeito à facilidade com que chega às imediações da grande área adversária.

Pequeno demonstrar por Gelson, daquilo que é preciso. Constante movimentação em função da situação de jogo, para garantir opções ao portador nos melhores espaços.

1 2 3 4

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2862 artigos
Creator of the "Lateral Esquerdo", is also a teacher at the University Stadium in Lisbon. Soccer coach, having conquered several national titles in Portugal. Experience as soccer coordinator, and lecturer at various Sports Universities. Author of the book "Build a champion team" from the publisher PrimeBooks.

1 comentário em Futebol moderno. A progressão que já não é só individual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*