Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2364 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

16 comentários em Recordas-te? XVI

  1. O maior desperdício de talento que vi no futebol português até agora.

    Tinha tudo: velocidade, técnica,capacidade de drible, visão de jogo, capacidade de passe,"killer instict", rematava bem…

    Só não tinha era grande vontade de ser futebolista profissional, tanto que deixou de o ser bem antes dos 30.

  2. Este gajo… que talento.

    Mas nunca quis nada com isto. Tinha tudo para vir a ser uma das maiores estrelas da sua geração.

    Mais um como muitos outros que têm talento para dar e vender, mas que se perdem por ai.

    Falta ai um golo dele no West Ham acho… em que conduz a bola prai 40 metros, em que cada x que dá 1 passo em frente toca na bola com o pé esquerdo, sempre em aceleração, quase a Messi… uma coisa inesquecivel.

  3. Que pena não encarar o futebol como uma profissão em que é necessário esforço e dedicação. Tinha tudo, excepto vontade…
    Até eu manifesto maior dedicação nos jogos de fim-de-semana…
    Está gordo que nem um texugo…

  4. gosto de acreditar que este tipo poderia ter sido salvo pelo Mourinho. Se bem me lembro ele foi dos mais importantes no esquema do mourinho quando estava no Benfica. Mais um que foi despachado à força…mais um que foi "trocado" pelos nomes sonantes do Manuel Vilarinho, Roger, Zahovic, Drulovic..

    Engraçado que este video nao esteja nos "futebolistas de uma vida" mas sim no "recordas-te". Dani foi mais um momento do que realmente um jogador de futebol

  5. Digam o que disserem, falem do que falarem, Dani foi o maior talento desperdiçado pelo futebol português. Ou antes, desperdiçado por si próprio!

    Aquela dupla Dani – Nuno Gomes no Mundial do Qatar em 95, que saudades, grandíssimas recordações!

  6. há dois ou tres tipos que eu tenho noçao que eram bons mas nao deram em nada. Claro que em encabeça a lista de talento perdido é o dani. mas lembro-me que o Dominguez e o Porfirio tb eram muito falados na altura.

    tenho pena de nao ter idade e maturidade para ter acompanhado a fulgurante carreira do Dani..

  7. hä que apreciar o que foi feito e esquecer o que ficou por fazer. näo deu, näo deu.
    dito isto, aquele mundial do qatar foi brutal. nenhuma das teams do queiroz sub-20 teve um gajo a destacar-se tanto (sempre imperou uma filosofia mais team-oriented). e sö para que conste aqui, o dani foi considerado um dos 3 melhores jogadores de sempre a pisar os relvados de um mundial sub-20 (um dos outros foi o maradona).

    e mais uma vez, hä que apreciar o que foi feito, e este video ë testemunha disso.

  8. nunca mais me esqueço num daqueles jogos de "verão" entre a Fundação Luis Figo e os amigos de Ronaldo (o Brasileiro) e este gajo partir a loiça toda e pensar para mim mesmo "porque é que o Sporting não tenta recuperar este gajo?"

  9. O primeiro golo (agostinho parece-me) é simplesmente brutal, grande jogada ensaiada (mt raro um lance destes, assim de repente não me lembro de mais nenhum), ainda hoje os jogadores holandeses devem tar lixados com aquele golo.
    Engrançado q espetamos sempre nos holandeses.
    Desde o tareão do Veloso e do Oceano no Van Basten, aos 2 golos do Pauleta (lá), e aos 2 do Maniche em 2 fases finais seguidas em q os eliminamos.
    Q rico sumo desta laranja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*