Gestão de recursos humanos. Onde se fala de Aimar e da exclusão de Capdevilla.

white corner field line on artificial green grass of soccer field
“Estou impressionado com ele. É um número 10 com uma classe enorme. Entre mim e ele tudo é perfeito dentro do campo” Witsel sobre Aimar;
“No Corinthians tinha duas referências, que eram o Ronaldo e o Roberto Carlos. Aqui tenho o Aimar, que está ao mesmo nível” Bruno César;
“Até impressiona. É um jogador de um nível diferente. O toque na bola, a inteligência e a maneira como se movimenta impressionam”. Ramires sobre Aimar;
“É um jogador de muita técnica, agilidade e inteligência. Não é à toa que foi considerado um dos melhores 10 da Argentina depois de Maradona. Por causa das lesões tem um tratamento diferente no Benfica, mas sempre que ficava no banco mantinha a postura profissional, sem qualquer estrelismo. Tornou-se numa referência para mim enquanto estive em Portugal”. Felipe Menezes sobre Aimar;
“Benfica considera a hipótese de renovar contrato a Aimar, que termina na próxima época.” in Jornal A Bola.
“Estou absolutamente surpreendido, não esperávamos uma coisa assim. Se não foi inscrito, o treinador já sabia que não o ia fazer, então porque não nos disse nada? Se nos tivesse dito alguma coisa antes de dia 31, então tínhamos procurado sair para outro lado. Não lhe faltavam equipas. Fazer uma coisa destas a um rapaz como este é terrível, ele está completamente desmotivado. Decidimos escolher o Benfica porque jogavam para a Champions e isso interessava-nos.” Empresário de Capdevilla.
Qualquer indivíduo com um mínimo de bom senso e um pouco de massa crítica percebe que é risível a forma como se gerem os recursos humanos no SL Benfica. O Benfica 2011/2012 tem, muito possivelmente o melhor plantel do futebol português. Porventura, será até bem superior ao que conquistou Portugal e deslumbrou a Europa (recorde as transferências para Chelsea e Real Madrid) e tem também, possivelmente capacidade para formar o melhor onze da Liga Sagres. Todavia, a forma amadora como se gere tudo o que se passa no futebol do Benfica, é assustadora. Se porventura os jogadores do Benfica voltarem a tornar o clube campeão nacional, serão merecedores de uma estátua. Mesmo tendo a qualidade que têm, será preciso serem verdadeiros heróis para resistirem como grupo às atrocidades a que vão sendo submetidos dia-a-dia.
P.S.- Não está em causa a qualidade, ou falta dela de Capdevilla. Numa lista extensa, deixar de fora um jogador de currículo importante, é procurar, sem necessidade, uma situação de conflito. O caso do espanhol, é apenas mais um que revela a fraca capacidade de Jesus enquanto treinador, para além das quatro linhas dos campos de treinos ou de jogos onde as suas equipas se apresentam.
Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 2359 artigos
Criador do Lateral Esquerdo, é também professor no Estádio Universitário de Lisboa. Treinador de futebol, tendo almejado diversos titulos nacionais. Experiência como coordenador de futebol formação e palestrante em diversas Faculdades de Desporto. Autor do livro "Construir uma equipa campeã" da editora PrimeBooks.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*