James, um cérebro no corredor lateral.

Grande jogo de pré temporada, a opor o Bayern Munique ao Arsenal.

O colombiano que chega esta época a Munique a realizar a primeira parte como extremo direito. Não para acelerar e vencer duelos como Ribery no lado oposto, mas para colocar decisões, inteligência e visão de jogo nos lances.

Ficam alguns recortes da primeira parte de um jogador verdadeiramente especial.

 

Rodrigo Castro
Sobre Rodrigo Castro 111 artigos

Rodrigo Castro, um dos fundadores do Lateral Esquerdo. Licenciado em Ed física e desporto, com especialização em treino de desportos colectivos, pôs graduação em reabilitação cardíaca e em marketing do desporto, em Portugal com percurso ligado ao ensino básico e secundario, treino de futsal, futebol e basquetebol, experiência como director técnico de uma Academia. Desde 2013 em Londres onde desempenhou as funções de personal trainer ligado à reabilitação e rendimento de atletas. Treinador UEFA A.

3 Comentários

  1. James arrisca-se a ser um gigante jogador que nunca o será verdadeiramente. É rápido, é inteligente, com uma qualidade técnica assinalável…mas aqui tem andando, a rebolar entre titular e suplente, entre o centro e as alas…!
    Espero que consiga consolidar MESMO o seu lugar neste Bayern e que de facto consiga consolidar toda a sua qualidade dentro de campo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*