Organização e muito Tino

A organização das linhas encarnadas no momento defensivo é hoje substancialmente diferente de um passado recente. O Benfica trocou o pressing a todo o instante por um maior controlo em Organização Defensiva, as linhas estão mais juntas, e sobretudo a linha média ganhou uma articulação que não tinha.

A preocupação de todos em voltar para trás da linha da bola (excelente a ideia de retirar Pizzi do corredor central em momento defensivo), e a coordenação e preocupação em não permitir que a posse adversária chegue às costas dos médios, com a constante movimentação destes para que estejam sempre mais na situação defensiva, é hoje uma evidência.

Para lá da organização defensiva bastante mais rigorosa e inteligente, em Istanbul, surgiu Tino.

O perna longa é um portento na posição que ocupa. Portento pela disponibilidade física e mental, bem como inteligência para a ocupação dos espaços, e capacidade tremenda para desarmar e sair com bola dos duelos.

Não só tem a capacidade física para fazer, como percebe o que há por fazer. Na Turquia, roubou uma série de bolas, mas ainda mais do que as que roubou, foi os espaços que fechou, as superioridades numéricas que provocou no momento defensivo e como estas foram sempre fundamentais para que o Galatasaray não pudesse criar.

Ora perceba como joga Tino.

LIGAR O SOM

INSCRIÇÕES PARA O FÓRUM JÁ ABERTAS (AQUI)

Com o apoio da CM Paredes e da Parjovem, com o patrocínio do CGD e da Prozis, e com o RECORD como media partner. – Brevemente divulgaremos mais convidados que se juntarão a: Manuel Cajuda, Fernando Valente, Rui Quinta, Ricardo Sousa e Bruno Fidalgo.

Paolo Maldini
Sobre Paolo Maldini 3699 artigos
Pedro Bouças - Licenciado em Educação Física e Desporto, Criador do "Lateral Esquerdo", tendo sido como Treinador Principal, Campeão Nacional Português (2x), vencedor da Taça de Portugal (2x), e da Supertaça de Futebol Feminino, bem como participado em 2 edições da Liga dos Campeões em três anos de futebol feminino. Treinador vencedor do Galardão de Mérito José Maria Pedroto - Treinador do ano para a ANTF (Associação Nacional de Treinadores de Futebol), e nomeado para as Quinas de Ouro (Prémio da Federação Portuguesa de Futebol), como melhor Treinador português no Futebol Feminino. Experiência como Professor de Futebol no Estádio Universitário de Lisboa, palestrante em diversas Universidades de Desporto, Cursos de Treinador e entidades creditadas pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ). Autor do livro "Construir uma Equipa Campeã", e Co-autor do livro "O Efeito Lage", ambos da Editora PrimeBooks Analista de futebol no Canal 11 e no Jornal Record.

12 Comentários

  1. O miúdo fez mesmo um belo jogo, aquela passada e aquela calma e aquela cabeça levantada valem ouro. Deixem os miúdos brilhar!

  2. Parabéns e obrigado pela explicação. Neste espaço se percebe que o futebol é mais que mails, árbitros, penaltys, dirigentes, clubites, etc.

  3. Nestle momento Lage é un ídolo para os nossos adeptos.
    Mas dejamos honestos, esta defensa en línea ainda está a anos luz da do JJ. Cres q será possivel chegar à excelencia?

    P.s: O que é que se pasa con zivkovic?!! Voces q sabem coisas

  4. Gostei muito do formato Pedro. Espero que seja para continuar estes vídeos!

    Este miúdo será claramente top mundial no curto e médio prazo. Aliás, penso que o Benfica, da geração de 1999, tem 3 jogadores que serão top mundial: Florentino, João Félix e Jota.

    • E o Gedson, que foi o primeiro a chegar.
      Dá-me a ideia que foi sempre o primeiro a chegar.
      Florentino, Tiago Dantas, Gedson, felix, jota e Umaro

  5. Impressionante análise. Ainda mais impressionante que a qualidade do Florentino. Que tenhas sempre a possibilidade de nos enriquecer futebolisticamente. Seremos melhores adeptos deste desporto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*